Devoção

Histórias de Romaria: exemplos de penitência, fé e amor ao Pai Eterno

Milhares de fieis passam por Trindade e a maioria deles testemunha graças recebidas.

Entre milhares de romeiros que passam pela Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), inúmeros têm testemunhos de graças alcançadas. São pessoas que passam por dificuldades, problemas e recorrem ao Divino Pai Eterno, em quem encontram forças para seguir adiante e superar todo o mal.

Um exemplo de força e gratidão é o aposentado Itamar Batista Figueiredo, 62 anos. Em mais um ano, ele saiu de Goiânia a pé com uma cruz de madeira nos ombros e seguiu pela Rodovia dos Romeiros até o Santuário Basílica. O propósito dele é em agradecimento ao Pai Eterno pela cura de um câncer maligno e agressivo que abalou a saúde de sua esposa.

“Já são nove anos que faço o trajeto. É uma caminhada que a minha família sempre está ao meu lado e me dá muita força. A sensação de deixar a cruz na Sala dos Milagres é de saber que completou mais um ano que minha esposa foi curada. É a melhor sensação que tenho na vida. A cada ano é uma vitória. Ficamos gratos porque, durante toda a vida, fomos devotos ao Divino Pai Eterno e eu abracei essa causa. Ele deu esta vitória, não só para mim, mas para minha esposa, meus netos e filhos. A gratidão é inesquecível e é para o resta da vida”, declarou Itamar.

Veja também:

Quem também tem muita fé no Pai Eterno é a romeira Maria Borges de Paula. Aos 89 anos, ela vem todos os anos de Alpinópolis (MG), com a família especialmente para a Tradicional Festa em Louvor ao Divino Pai Eterno. “Meu esposo, antes de falecer, fez votos ao Pai Eterno e construiu uma casa em Trindade para a família se hospedar na Festa”, contou.

A sobrinha dela, Márcia Borges, de Brasília (DF), contou que a tia é a referência de religiosidade na família. “Ela tem muita força, fé e consegue comover e reunir todos nós aqui em Trindade. Vem gente de três cidades e ficamos aqui os dez dias. Ela nos ensinou a fé e o amor no Pai Eterno”, declarou.

Outro exemplo de devoção fiel ao Pai Eterno é a aposentada Roselita Mendanha, 87 anos. Ela é de Itaberaí (GO), e vêm todos os dias da Romaria para assistir a Novena na Igreja Matriz de Trindade. “Eu não estava enxergando nada. Tive que fazer uma cirurgia de catarata. Eu fiquei com muito medo, mas entreguei tudo nas mãos do Pai Eterno e, graças a Ele, deu tudo certo! E estou aqui para agradecer muito”, contou.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store