Igreja Matriz de Trindade

Turismo religioso marca 98 anos de Trindade

Cada dia mais próspera e acolhedora, Trindade cresce em razão do turismo religioso e da devoção ao Divino Pai Eterno.

A cada ano que passa, a cidade de Trindade, em Goiás, passa a ser conhecida por mais pessoas por meio da fé e devoção ao Divino Pai Eterno. É uma cidade que carrega em suas ruas e em seu jeito típico de interior uma fé que encanta quem mora e quem visita o local.

São lugares que demostram como a fé pode atrair mudanças e proporcionar milagres. Cada pedacinho desse município que, segundo estimativa de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), possui mais de 120 mil habitantes, expressa de forma concreta como o amor do Pai Eterno é capaz de transformar um lugar.

Este ano, a cidade completa 98 anos de história e leva em sua bagagem uma tradição que começou pela fé de um casal e que hoje arrasta multidões. Em constante ascensão, a cidade se prepara a cada ano para receber da melhor forma seus romeiros, turistas e novos moradores. A prova disso é a Romaria do Divino Pai Eterno 2018 que, em seus dez dias, recebeu cerca de três milhões de pessoas.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo (ComTur), Fernando Carlos Pereira, Trindade merece destaque por esse acolhimento. “É muito bom receber essas pessoas que vêm de longe para acompanhar a Festa do Divino Pai Eterno, ou em outras épocas do ano, para apenas agradecer. A cidade lucra sempre com a Festa e aproveita isso para melhorar a cada ano”, explica.

Trindade se movimenta o ano todo, vem devotos de todo Brasil e também de outros países, em razão dessa devoção. “Através do Conselho Municipal de Turismo [Comtur], tentamos alavancar a cada dia o nosso turismo religioso juntamente com o setor público-privado e a Igreja, de forma integrada com os cidadãos trindadenses que se dedicam a receber melhor esse pessoal que sai de longe para vir até a Casa do Pai Eterno”, explica Fernando.

Atraídos pela fé

O crescimento da cidade é visível, os aspectos econômicos e culturais foram se modificando ao longo do tempo e a cidade foi se adaptando a isso. De tão acolhedora, muitos fiéis que apenas a visitavam, resolveram migrar para a cidade.

É o caso da devota Naira Ferreira Braga, de Brasília, que, por conta de sua devoção fiel resolveu se mudar com seu esposo. “Eu queria um lugar calmo, que eu pudesse ficar bem perto do Pai Eterno refletindo e agradecendo por tantas graças que eu já recebi dele. Minha família, meus amigos e eu. Então, aqui é uma oportunidade de vida melhor para idosos, principalmente”, comenta Naira.

Ela e o esposo moram a cerca de 100 metros da Igreja Matriz do Divino Pai Eterno e diz que isso foi providência Divina. “Foi o Pai Eterno que me trouxe e me arrumou essa casa, porque Ele é muito bom, maravilhoso”, conta.

Além de Naira, muitos outros filhos do Pai Eterno, decidiram escolher a Capital da Fé de Goiás para morar. A motivação é agradecer e estar mais perto da devoção, em uma cidade que ainda tem traços típicos do interior, mas esta de braços abertos para as facilidades da vida moderna.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno