Notícias

Outubro é o Mês das Missões

Confira entrevista especial com o Pe. Maximiliano Gonçalves da Costa, que esteve em missão na África.

O Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 1º, exibiu entrevista especial com Pe. Maximiliano Gonçalves da Costa, administrador paroquial da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Ele falou sobre o Mês das Missões e contou um pouco da sua experiência missionária vivida recentemente na África. (Assista ao vídeo abaixo)

Pedro Henrique Rabelo: Por que outubro é considerado o Mês das Missões?

Pe. Maximiliano Gonçalves da Costa: Na sua essência, a Igreja é missionária. Podemos dizer que está na gênese da Igreja a missão. A partir do momento em que a Igreja dedica um mês do ano para relevar esta dimensão da missão, nós também aumentamos a conscientização, ou melhor, despertamos para uma nova conscientização missionária na vida da Igreja, onde as pessoas também possam se sentir parte desse processo, porque não só os padres, as irmãs devem ser missionários, mas cada batizado, que recebe no seu coração, por meio do Sacramento do Batismo, a semente da fé, é chamado a levar Cristo a todas as pessoas.

Pedro Henrique Rabelo: E falando neste tipo de missão, você teve, recentemente, a oportunidade de ir para a Africa, em missão. Conte como foi tudo por lá.

Pe. Maximiliano Gonçalves da Costa: Foi uma experiência que me marcou profundamente.  Percebi a alegria do povo, o olhar brilhante de cada criança. Lá não tinha o alimento com abundância como temos aqui, mas o pouco que se tem, sabem partilhar com o vizinho, que às vezes não tem o pouco. Então, tudo isso mexe muito comigo. Me recordo também que visitamos uma cidade chamada Gabu, quando chegamos lá, ficamos hospedados na casa das irmãs e elas têm uma escola. Quanto terminou a janta, nós íamos pegando os restos de comida para dar aos cachorros. E a irmã falou assim: “Não, padre, porque nós temos vários alunos aqui na escola que não comem nada a noite. Então, quando eles chegam de manhã, antes de ir para aula, nós ofertamos esta sobra”. Então, são realidades que nos interpelam com tanta força, pois de repente para nós isso já é tão fácil, acessível, que se torna uma rotina que já não faz mais diferença. Então, quando nos deparamos com essas realidades mais pobres, exigentes, vamos percebendo o quanto nós temos, o quanto a nossa vida é boa e não sabemos agradecer a Deus.

Pedro Henrique Rabelo: Para o senhor, o que é ser missionário?

Pe. Maximiliano Gonçalves da Costa: Ser missionário é acolher a graça de Cristo, fazer a experiência do amor Dele em nossos corações e, a partir do momento em que nós abrimos o coração, para a graça de Cristo que habita em nós, nós não conseguimos guardar isso somente para nós. Então, nós vamos anunciar isso a todas as pessoas. Isso se torna missão, a partir do momento que eu testemunho, instruo na fé, partilho a experiência que eu faço com Cristo, com as outras pessoas que estão a minha volta. Isso é missão!


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno