Evangelização

Um Santuário dedicado a São João Paulo II

Na Cracóvia, local tem uma beleza de encher os olhos e permite ainda mais aproximação com a história do Santo.

O Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 26, exibiu a última reportagem especial sobre São João Paulo II. Em destaque, o Santuário construído em homenagem a ele na Cracóvia. O local tem uma beleza de encher os olhos, com decoração feita em mosaico, e que permite ainda mais a aproximação com a história do Santo. (Assista ao vídeo abaixo)

O Centro João Paulo II, na Cracóvia, fica em meio a uma grande praça com esta estátua logo na entrada. Do lado de dentro,  perfeição e riqueza de detalhes. Tudo foi feito com muito cuidado e dedicação numa tentativa de homenagear o saudoso papa e santo polonês.

Segundo Pe. Krzysztof Kraulzyk, responsável pelo Santuário Centro João Paulo II, a ideia da construção do lugar partiu do cardeal Estanislau (Stanislaw) Dziwisz. “Quando ele estava voltando do Vaticano, depois da morte de João Paulo II, surgiu-lhe a ideia de construir um memorial. O cardeal, com frequência, fala que aqui, nessa casa, nos encontramos com o Santo. Esta ideia sobre a construção começou a se concretizar, principalmente, depois da beatificação de João Paulo II. Já um mês depois da beatificação de João Paulo II, na presença de todo o episcopado da Polônia, foram introduzidas aqui, no lugar desta construção, as relíquias do Santo. Com toda a certeza, pela participação efetiva nesta construção é que muitas pessoas, do mundo inteiro, e não apenas os conterrâneos da Polônia, estão expressando aqui sua imensa gratidão ao Santo Papa por tudo aquilo que ele significou e por tudo aquilo que ele fez para as pessoas no mundo inteiro; gratidão pelas grandes coisas que estão acontecendo, até agora, pela intercessão de São João Paulo II”, afirmou.

A construção teve início em 2008, nas instalações da antiga fábrica que pertencia a uma empresa química: lugar que Karol Wojtyla trabalhou durante a Segunda Guerra Mundial para fugir da deportação para a Alemanha. Três anos depois, em 2011, a parte de baixo foi entregue e, em 2013, ficou pronta a parte superior. Naquele mesmo ano, a igreja foi consagrada oficialmente.

A decoração do Santuário chama a atenção por ser toda feita em mosaicos. As imagens retratam momentos importantes da vida de João Paulo II e também passagens bíblicas que tiveram relação com a história do pontífice. Todo esse trabalho foi feito por um artista renomado de origem eslovena.

Na parte de baixo do Santuário, o espaço foi dedicado a várias capelas. Em todas elas, as paredes trazem os mosaicos como decoração que foi feita a base de pedras e concreto arquitetônico. Um trabalho minucioso que traz à memória o legado deixado por João Paulo II. A capela em especial, chama a atenção por ter uma lápide feita em mármore branco. Foi nela que o corpo do pontífice ficou até sua beatificação. No detalhe da Bíblia, um relicário: aqui fica um pouco do sangue de João Paulo II.

Veja também:

“No subsolo da igreja, chamada também a igreja baixa ou igreja das relíquias, dentro do altar encontra-se a ampola com sangue de São João Paulo II. Também na capela sacerdotal, lá onde encontra-se a pedra que cobria o túmulo do Santo Padre, o primeiro túmulo onde ele foi enterrado, encontra-se sobre essa pedra um relicário, em forma de livro, que também contém uma ampola com o sangue de São João Paulo II”, relatou Krzysztof Kraulzyk.

No andar de cima, dentro do Santuário, um expositor guarda a roupa usada pelo pontífice em 1981 quanto sofreu um atentado. Ele foi baleado na Praça São Pedro, no Vaticano, onde celebrava a festa de Nossa Senhora de Fátima.

O espaço onde fica o Santuário tem uma construção imponente, cheia de detalhes e pode acolher até cinco mil pessoas. O órgão, tradição na liturgia cristã, tem um tamanho especial e permite que os mais variados timbres de uma música saiam por essas dezenas de tubos de metal. No mosaico do altar, três anjos representam a Santíssima Trindade e João Paulo II aparece mais jovem, sempre cumprindo a missão de abençoar e evangelizar.

Toda a construção traz ares de modernidade e foi feita com o intuito de dar continuidade ao legado espiritual de João Paulo. O objetivo é permitir que cada visitante que passar por aqui, sinta-se conectado com a santidade do pontífice e vivencie de forma especial, o seu momento de fé e devoção.

No monumento acolhedor e cheio de paz, é possível se sentir ainda mais perto de João Paulo II por meio de sua história, contada por todos os cantos do Santuário. Aqui, visitantes de várias partes do mundo comungam da mesma fé e se emocionam com o testemunho de vida de São João Paulo II: um testemunho de piedade, de amor ao próximo e de vida santa.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno