Evangelização

Novenas Internacionais são rezadas sob intercessão de Santa Faustina

Ela é conhecida no mundo inteiro por sua história marcada pela piedade e grande sensibilidade à miséria humana.

Nesta segunda-feira, 26, o Programa Pai Eterno começou a exibir uma série especial de reportagens sobre a história de Santa Faustina. É em intenção a ela, que o Pe. Robson de Oliveira reza o último ciclo das Novenas Internacionais, na Polônia. (Assista ao vídeo abaixo)

Santa Faustina é conhecida no mundo inteiro por sua história marcada pela piedade e grande sensibilidade à miséria humana. Nascida na Polônia em 1905, Helena Kowalska, como foi batizada, era a terceira dos dez filhos do casal Stanislaus e Marianna Kowalska. Seu pai era carpinteiro e agricultor, a família era pobre e passava por algumas dificuldades, por esse motivo Faustina só conseguiu completar cerca de três anos de estudos.

Desde a infância, o sentimento que batia mais forte era o de servir a Deus. Durante a vida religiosa, ela escreveu alguns diários e um dos registros encontrados nele dizia: “Aos sete anos de vida ouvi pela primeira vez a voz de Deus em minha alma, ou seja, o convite à vida religiosa, mas nem sempre fui obediente à voz da graça. Não me encontrei com ninguém que me pudesse esclarecer essas coisas”.

Até conseguir entrar em um convento, passou por momentos de muita dificuldade. Inclusive, enfrentou os pais que não aceitavam sua vocação religiosa. Helena foi recusada em vários conventos e quando conseguiu ser aceita, precisou trabalhar por um ano como doméstica para pagar a estadia. Ela entrou no Convento das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia, em Varsóvia. Lá, recebeu o nome de Maria Faustina do Santíssimo Sacramento, em homenagem a Jesus Cristo presente no sacrário.

Irmã Faustina fez o noviciado na Cracóvia, onde também professou os primeiros votos religiosos. Anos depois, fez os votos perpétuos de castidade, pobreza e obediência. “Ela viveu na primeira metade do século XX. Naquele tempo, a nossa Congregação era uma congregação contemplativa. Ela era uma irmã muito simples, fazia os trabalhos simples, assim como todas as outras irmãs. Trabalhava na cozinha, no jardim, no quintal da casa e também na portaria do convento A vida dela era muito simples, muito comum, não havia nada de extraordinário. Mas, sob essa aparência da normalidade se escondia uma rica e profunda vida de intimidade com Deus. A irmã Faustina faz parte do grupo dos maiores místicos dentro da história da Igreja”, contou Elzbieta Siepak, assessora de imprensa do Santuário de Santa Faustina.

Sempre humilde e submissa à vontade de Deus, Faustina se destacava pelas várias experiências místicas em que Jesus, através de suas aparições, falava sobre o grande mistério da Divina Misericórdia. Em uma dessas aparições, Ele pediu para que a religiosa pintasse uma imagem retratando a visão que teve e colocasse junto a escrita: “Jesus, eu confio em vós”.

“De Jesus, ela recebeu uma grande e importante missão, uma missão profética: a de proclamar, de anunciar a mensagem da divina misericórdia para as pessoas no mundo inteiro. Jesus lhe transmitiu essa mensagem; essa mensagem sobre o amor misericordioso de Deus para com cada pessoa e sobre a necessidade de proclamar essa verdade com nova força e novo vigor, através do testemunho de vida, palavras, atos e oração. Faz parte integrante dessa mensagem da misericórdia a devoção e o culto à Divina Misericórdia nas formas que ela recebeu de Jesus”, completou Elzbieta Siepak.

Na imagem com a visão que Irmã Faustina teve, Cristo aparece vestido de branco e uma das mãos se ergue para abençoar. A outra aponta para o seu Sagrado Coração, de onde saem raios que simbolizam o sangue e água que jorraram quando foi perfurado momentos antes da crucificação.

O Santuário Basílica da Divina Misericórdia é o local onde será rezada a Novena dos Filhos do Pai Eterno e o Santo Terço. O local é dedicado à Santa Faustina e abriga uma imagem da Divina Misericórdia. A Novena dos Filhos do Pai Eterno será rezada no interior do Santuário, já o Santo Terço será nas capelinhas que ficam no subsolo da Basílica. Uma delas é dedicada à Santa Faustina. Nessas capelinhas sempre tem fiéis que dedicam um momento do dia para estar aqui, em momentos de oração.

Veja também:

De acordo com o reitor do Santuário, Pe. Franciszek Slusarczyk, além da Basílica, existem ainda, no subsolo, capelas dedicadas a diversas nações e a diversos Santos para que os peregrinos, que vêm de diversas partes do mundo, possam ter seus lugares de oração. “Por isso, nessas capelas se celebra a Eucaristia em diversas línguas. Existe também a capela dedicada a Santa Irmã Faustina, apóstola da Divina Misericórdia. Existe a capela dedicada a Nossa Senhora das Sete Dores, que é a padroeira da Eslováquia. Existe a capela da Exaltação de Santa Cruz, que tem como padroeira Santa Benedita da Cruz, Edith Stein. Existe a belíssima capela Communio Sanctorum, chamada também Húngara onde, através dos mosaicos, estão apresentados os Santos e Beatos da nação polonesa e húngara. Existe ainda a capela dedicada a santo André Apóstolo que é patrono da Igreja Oriental, do rito greco-católico. Por isso, os peregrinos que vêm aqui podem participar das celebrações em suas próprias línguas, nessas capelas”, pontuou.

No mesmo terreno do Santuário, um pouco mais a frente, fica o Convento das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia. Ele foi fundado em 1891 e nele será rezada a Novena do Perpétuo Socorro. Dentro dele, um lugar reservado à memória de Santa Faustina. É uma capela silenciosa e cheia de paz, com detalhes imponentes em sua arquitetura. Todos os dias, vários fiéis passam para rezar diante do túmulo da Santa que fica exposto no local.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store