Devoção

Gratidão é saber reconhecer o amor do Pai Eterno

Pe. Cristiano Faria dos Santos fala sobre a importância de agradecer e reconhecer na fé, o amor do Pai Eterno.

O Programa Pai Eterno desta segunda-feira, 31, exibiu uma reportagem especial sobre a gratidão. O coordenador do Instituto de Direito Canônico da Arquidiocese de Goiânia, Pe. Cristiano Faria dos Santos, falou sobre a importância de agradecer e reconhecer na fé, o amor do Pai Eterno por seus filhos. (Assista ao vídeo abaixo)

“Nós devemos ser agradecidos a Deus. Ele é o Senhor de tudo. Ele fez tudo. Então, quando eu consigo ter com Deus aquilo que São Tomás chamou do terceiro nível de gratidão, eu estou no nível da devoção, pois ali eu me encontro com Deus, uma experiência muito particular que me leva a dizer: Deus, muito obrigada por tudo que me fez! Aí eu crio vínculos e estamos falando de uma reta e verdadeira devoção”, afirmou o padre.

Para o sacerdote, a gratidão é antes de tudo um sentimento. “É uma qualidade da alma, que em alguma situação da vida, nos leva a querer encontrar o outro por algo que ele fez à minha pessoa ou a alguém que eu amo”, completou.

A gratidão é uma das características mais importantes da fé cristã. Vários versículos da Bíblia falam sobre este sentimento que é um dos mais puros e nobres que existem. “São Paulo diz que em tudo devemos dar graças. Então, acho que é este o sentimento que devemos ter em relação à gratidão. Demos graças sobre tudo, em todos os momentos e realidades”, ressaltou Pe. Cristiano.

Ser grato é uma dádiva daqueles que reconhecem o valor do bem que recebeu. “Eu sou grato ao Pai Eterno por todos os benefícios e maravilhas que eu recebo em minha vida. Desde pequeno eu sou frequentador de Igreja, na minha cidade eu já frequentava, na minha família já teve bispo e nós sempre tivemos amor a Cristo. As pessoas que não tem fé nos acham bobos, mas não é bobeira, é um reconhecimento a Cristo”, contou o devoto Olair Simões Nunes, de Vila Velha (ES).

Veja também:

Cleber Peralta Gomes, de Brasília (DF), é outro exemplo de quem sente muita gratidão. “Eu fui muito agraciado. Eu nunca tinha vindo aqui em Trindade, mas em 2014 minha fé e confiança em Deus foram colocadas a prova. Minha filha, Roberta, na época com 30 anos, deu entrada no hospital com pneumonia em estado muito grave e ela ficou 21 dias na UTI em coma induzido, tomando remédio para não dar trombose,  respirando por aparelhos, cada dia que passava a infecção era maior. Eu estava a serviço e tinha que ir à Goiânia. Um amigo meu, passou em Trindade sem nem me avisar. Era um dia calmo, tranquilo e eu orei, pedi ao Divino Pai Eterno que socorresse minha filha. De volta para Brasília, antes de chegar a Anápolis, eu liguei para minha esposa e ela me falou que nossa filha tinha saído do coma. Hoje, ela está aqui”, relatou.

Maria Dinoram Mamede Lima, de Aparecida de Goiânia (GO), é grata ao Pai por tudo na sua vida. “Por me fortalecer, por eu poder acordar todos os dias, cumprir com meus deveres, cuidar da minha família. Gratidão por ter uma família também”, concluiu.

Ainda de acordo com Pe. Cristiano, quando somos agradecidos por tudo, nos sentimos mais confiantes para buscarmos o que desejamos para o futuro. “A gratidão é importante porque ela nos leva a perceber o quando fui amado e uma pessoa amada é capaz de agradecer. Então, a gratidão é extremamente necessária porque ela transmite o quando fui amado”, declarou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store