Evangelização

Como se portar para receber a Eucaristia?

Momento é considerado, pela Igreja Católica, como um dos mais importantes na Santa Missa.

O momento do Sacramento da Eucaristia é tido pela Igreja Católica como um dos mais importantes na Santa Missa. Religiosos costumam dizer que é o ponto alto da comunhão com Deus. Ao receber a hóstia na mão ou na boca, o cristão recebe o corpo e o sangue de Cristo, em um ato de purificação do corpo e da alma, limpos de todos os pecados. E para você, qual a importância da Eucaristia? Como você se porta durante este momento tão especial da missa?

Para quem cresce no catolicismo e segue os caminhos da Igreja, a Primeira Comunhão acontece após o término da Catequese, o que pode acontecer, mais comumente na infância, mas também pode ser na fase adulta. “O conceito de Eucaristia é passado conforme o catecismo da Igreja Católica e a Bíblia Sagrada. Passando para o catequizando que a presença do corpo e o sangue de Jesus Cristo no pão e no vinho é real”, ressalta Lorraine Martins Santos, psicóloga e uma das coordenadoras de catequese da Paróquia Santo Inácio de Loyola, em Goiânia (GO).

Comungar é o ato de receber o Sacramento da Eucaristia

Segundo a psicóloga, é preciso estar em estado de graça com os pecados, o que acontece no Sacramento da Confissão. “Por isso, falamos na Catequese também sobre o exame de consciência, para se preparar para uma boa confissão e, assim, ter em mente a importância de, a partir de então, confessar para o perdão dos pecados e se preparar para receber a Santa Comunhão”, afirma Lorraine.

A Bíblia conta que a Eucaristia brotou do coração de Cristo ao viver o drama de Sua Paixão e Morte. Ele antecipou para os apóstolos e todos os Seus amigos a participação no sacrifício de Sua vida e deixou para a Igreja a possibilidade de participar posteriormente no mesmo sacrifício. “Ele não só realizou o Sacrifício Redentor, mas também nos deixou o meio de participarmos dele como se nele estivéssemos presentes. Sacrifício real de Cristo, a Eucaristia é também um verdadeiro banquete, no qual Ele se dá em alimento, para possuirmos a vida eterna. A Eucaristia celebrada nos remete a duas realidades importantíssimas: a vida de Cristo, que se dá em alimento, e a vida do povo, que precisa ser alcançada por este alimento que sinaliza a todos, o céu”, pontua Pe. Natalino Martins, Missionário Redentorista.

Como se portar?

O ministro ordenado diz: “Eis o Mistério da Fé”; e a comunidade reunida confirma: “Anunciamos, Senhor, a Vossa Morte e proclamamos a Vossa Ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!”. Eis o momento que se inicia a Eucaristia na celebração. O sacerdote oferece: “O corpo e o sangue de Cristo”. O cristão responde: “Amém”. Em contrição e oração, a igreja, de joelhos, agradece o Pão da Vida. É a hora de entregar o coração e a vida ao Pai Eterno. A Santa Missa trás a Palavra e o pão aos cristãos.

De acordo com Lorraine Martins Santos, as crianças recebem as seguintes orientações na Catequese. “Que seja com respeito, modéstia ao se vestir e após ter confessado seus pecados a Deus”, explica. Para ela, é importante aprender os ensinamentos cristãos ainda na infância, pois a criança se torna um multiplicador da evangelização na família. “A criança também evangeliza sua família, aprende e ensina o sentido de ir à missa e a importância da fé cristã. Se torna um adulto firme na fé, com propósitos e moral cristã”, conclui a coordenadora de catequese.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno









Newsletter