Notícias

Como ter uma vida mais saudável?

Uma alimentação rica em frutas e verduras e exercícios físicos são o caminho para ter uma vida melhor.

Chocolates, sanduíches, churrasco, salgadinho, refrigerante… Não há quem não goste de saborear estes alimentos com frequência. Mas, atenção, pois é como diz o ditado: a diferença entre o veneno e o remédio é a dose.

No Dia da Saúde e da Nutrição, 31 de março, a nutricionista Gabriela Cilla dá algumas dicas para melhorar a saúde. Ela explica que alimentos industrializados e ultraprocessados são ricos em sódio, açúcar e tem baixo valor nutritivo, por isso não oferecem a quantidade de vitaminas, fibras, minerais e outros elementos que o corpo precisa para se desenvolver com saúde.

Mas se você está preocupado e acha que terá que restringir totalmente o seu cardápio, Gabriela diz que nenhum radicalismo é bem-vindo ao iniciar uma reeducação alimentar. “As pessoas que querem começar a ter uma vida mais saudável devem ter moderação. Não adianta do nada a gente cortar e restringir tudo, pois isto não dá certo. Então é muito mais interessante ir aos poucos, fazendo uma mudança gradativa, com a inclusão de mais frutas, verduras e legumes, cortar aos poucos produtos ricos em sódio, industrializados. É importante tirar os piores alimentos no início e, aos poucos, escolher alimentos mais saudáveis”, afirma.

Benefícios

Ingerir mais frutas, legumes e verduras e diminuir o consumo de industrializados já apresenta um benefício no funcionamento do corpo. “Quando a gente começa a se alimentar melhor, consequentemente todo o resto também melhora. A gente vai ter uma qualidade de sono melhor, vai ter energia para fazer todas as nossas atividades e menos fadiga. A alimentação é a energia que a gente fornece para o nosso corpo, então, se a gente fornece uma energia que é pobre em nutrientes, não tem como o nosso corpo render ao longo do dia inteiro de uma forma saudável. Quando a gente muda a qualidade da energia, por meio de uma alimentação melhor, ela contribui para o bom funcionamento do corpo e todo o resto flui”, explica a nutricionista.

Além disso, Gabriela conta que há uma quantidade recomendada pelos profissionais de saúde em relação a frutas. “A gente indica a ingestão de cinco a seis unidades de qualquer tipo de fruta por dia. A gente sempre sugere que sejam mais frutas mesmo do que suco, pois nele não há tanta ingestão de fibras”, pontua. Já para verduras e legumes o consumo é a vontade, pois são ricos em vitamina K, fibras e outros micronutrientes muito importantes para a saúde.

Exercício

Outro fator importante para manter o corpo mais saudável é fazer atividades físicas regulares. Gabriela Cilla explica que 20 minutos por dia já é um tempo interessante. “E pode ser qualquer atividade, desde uma academia, uma dança, hidroginástica, subir escadas, fazer polichinelo, desde que tenha a indicação e o acompanhamento de um profissional de educação física”, destaca.

Gabriela esclarece que a gordura em excesso gera uma inflamação no organismo e isto impede que ele funcione com qualidade. “Os exercícios favorecem o ganho de massa muscular. Quanto mais massa a gente tem menor vai ser nosso percentual de gordura, portanto a gente tem uma melhora na nossa saúde, previne doenças e ajuda até a controlar a ansiedade”, afirma a nutricionista.

Uma dieta mais equilibrada e exercícios físicos frequentes são a chave para uma vida com mais disposição, alegria e saúde. Conte para nós o que você faz para ter uma vida mais saudável!

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store