TV Pai Eterno exibe filmes especiais de preparação para a Páscoa

Entre os títulos selecionados estão O Evangelho Segundo João e Marcelino Pão e Vinho.

 

Espectadores de todos os cantos do país são convidados a acompanhar uma programação especial de filmes para a Páscoa. Entre os títulos selecionados estão O Evangelho Segundo João, que será exibido na Sexta-feira Santa, dia 19 de abril, às 20h30. E Marcelino Pão e Vinho, produção que será veiculada na TV Pai Eterno no Domingo de Páscoa, 21 de abril, às 14h30.

Sobre Marcelino Pão e Vinho, leia a resenha preparada pela equipe:

Ana Lídia Oliveira

Marcelino Pão e Vinho, “The Miracle of Marcelino”, é um longa-metragem religioso espanhol, datado de 1955, do diretor Ladislao Vajda. Baseado no famoso livro homônimo do escritor José María Sánchez Silva, o drama segue uma narrativa linear e comovente.

Em uma vila simples, “onde todos partilham alegrias e dores”, a comunidade celebra um dia de festa, em que todos os padres se reúnem em comemoração. Menos um. Este faz visita a uma família em que uma criança se encontra debilitada. Mesmo sem o consentimento dos pais, no primeiro momento, o padre conta-lhe a história do menino Marcelino, e do milagre presenciado pelos monges cuidadores do pequeno.

Anos antes, um ataque havia deixado a cidade em verdadeiro caos. O mosteiro, devastado pela guerra, foi reconstruído aos poucos, graças à ajuda de tantos. Quando do término, um bebê foi encontrado à porta do local. Deram-lhe o nome de Marcelino, o santo do dia. Os monges acolheram-no com muito carinho, depois de sabida da morte dos pais. Cada um dos 12 homens foi incumbido de lhe educar: “Cada monge será como um pai e uma mãe a ele”.

Aos cinco anos, a criança era “robusta e esperta”. “Na maior parte do tempo, ele era tão bom quanto um pão”. Era como os monges, carinhosamente apelidados por “Irmão Biscoito etc.” pelo pequeno, definiam Marcelino.

Tomado pelo medo, o menino arteiro decidiu se aventurar em um lugar em que foi avisado para não ir: o sótão do mosteiro. O medo deu lugar à curiosidade. Ele foi atraído para perto de uma estátua com um rosto que transparece amor. A presença do “novo amigo” aproximou Marcelino, que passou a visitá-lo com frequência, levando-lhe comida (pão e vinho), e cobertor para os dias mais frios. Uma voz grave perguntou ao menino: “Marcelino, você sabe quem eu sou?”. Ele respondeu: “O Senhor é Deus!”

Em um desses encontros, a “estátua” recebeu o pão e o vinho e, milagrosamente, concedeu ao pequeno o mais profundo desejo de seu coração: reunir-se com sua mãe e com a Mãe de Deus. Os monges acompanharam o momento de passagem que, mais tarde, trouxe à vila, centenas de pessoas que souberam do Milagre Marcelino.

Vencedor do prêmio de melhor Diretor no Festival Católico de Filmes Internacionais, Marcelino Pão e Vinho é um filme inspirador. O ator mirim, Mark Hernandez, é singelo e encantador na atuação. Com fotografia valiosa para a época, o drama encanta mesmo o espectador dos dias de hoje. Uma mistura de nostalgia e ternura invade as telas.

***

Marcelino Pão e Vinho: Classificação Livre
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Ladislao Vajda
Roteiro: José María Sánchez Silva, Ladislao Vajda
Elenco: Adriano Domínguez, Antonio Ferrandis, Antonio Vico, Carlota Bilbao, Carmen Carbonell, Francisco Arenzana, Isabel de Pomés, Joaquín Roa, José Marco Davó, José María Rodríguez, Juan Calvo, Juanjo Menéndez, Mariano Azaña, Rafael Calvo, Rafael Rivelles
Fotografia: Heinrich Gärtner
Trilha Sonora: Pablo Sorozábal

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno




Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store