Catequese

Como superar a angústia?

A angústia e as preocupações podem ser uma oportunidade de fortalecer a fé.

Em uma sociedade cada vez mais acelerada, com muitos compromissos e cobranças exageradas, muitas vezes Deus é deixado de lado. Segundo o Diácono Amarildo Martins, este tem sido um grande problema. “Quando as pessoas focam em outras coisas não há respeito, não há carinho, pois Deus está sendo deixado à margem”, explica.

Na Bíblia há muitas referências sobre como lidar com a angústia, tanto no Antigo quanto no Novo Testamento figuras notáveis ficaram preocupadas e angustiadas. Por isso, o Diácono Amarildo destaca algumas passagens bíblicas que podem ajudar na sua oração diante do sofrimento, por exemplo, os Salmos 1, 4, 26, 31, 34 e 120, com destaque para o Salmo 55, 16-18: “Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará. De tarde e de manhã e ao meio-dia orarei; e clamarei, e Ele ouvirá a minha voz. Livrou em paz a minha alma da peleja que havia contra mim”.

Além disso, o diácono destaca os trechos: “Mas quando na sua angústia voltaram para o Senhor Deus de Israel, e o buscaram, o acharam” (2 Crônicas 15,4); “O Senhor é bom, ele serve de fortaleza no dia da angústia, e conhece os que confiam nele” (Naum 1,7); “Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo” (Isaías 41,13). E também a passagem do Evangelho em que Jesus acalma a tempestade: “Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais” (Mateus 14,27). “Não são apenas essas passagens, porque na verdade a Bíblia inteira é uma grande declaração de amor de Deus por nós, é o amor Dele que nos cura e nos liberta”, destaca.

O Diácono Amarildo também explica que Deus nos deu uma grande dádiva: o presente. “O passado já passou, o futuro a Ele pertence e o presente é tudo que temos”. Para ele, a angústia muitas vezes nasce da falta de tomar decisões no agora, por isso é tão importante estar perto de Deus, ter intimidade, pois Ele nos orienta. “Se aproximar de Deus é a coisa mais importante que o ser humano pode fazer, não só nos momentos difíceis, pois é o Senhor que ajuda a tomar boas decisões e acalma os sentimentos”, pontua.

Nos dias de angústia e preocupações confie no Senhor Jesus, converse com Ele e tenha fé de que o Pai Eterno te ouvirá. Assim como diz na Bíblia: “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia;Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou” (Romanos 8, 35-37).

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
1 Cometários
  • EVA
    15/8/2019 - 12:28:00

    AMEI O QUE LI ESTAVA PRECISANDO.

  • TV Pai Eterno









    Newsletter