Devoção

Em Vazante (MG), casal atribui graças recebidas ao Pai Eterno

Eles doaram um terreno para a construção de uma igreja dedicada ao Divino Pai Eterno.

Fotos: Rodolfo Cândido

A cidade Vazante (MG), famosa pelas grutas e produção de minério, também é conhecida pelo turismo religioso, pois nasceu a partir da fé e devoção a Nossa Senhora da Lapa. Em meio aos 20 mil habitantes, católicos expressam também a devoção ao Divino Pai Eterno. Um deles é o aposentado Manoel da Silveira Corrêa, de 78 anos. Desde criança ele confia na proteção ao Pai. “Ele é tudo na minha vida. Está até no ar que eu respiro. Não tem como não ser grato ao Pai Eterno”, afirma.

Há 50 anos, o aposentado é casado com a Savina Maria da Silveira Corrêa. O casal reza o terço todos os dias e acompanha a devoção ao Pai Eterno pela televisão. “O padre Robson a gente assiste diariamente e todos os sábados estamos firmes assistindo à missa. Eu sinto que eu estou lá. Aguardamos aquele momento e é como se estivéssemos na missa”, comenta.

Em meio às dificuldades da vida é no Pai Eterno que eles encontram forças para seguir. A aposentada é exemplo disso. Diagnosticada com câncer, ela colocou a fé à frente de tudo para conseguir enfrentar a situação. “Foi um nódulo muito grande na tireoide. Marcamos a cirurgia e no retorno, quando chegou o dia, o médico falou que tinha duas notícias, uma boa e outra ruim: ‘A boa é que a senhora não tem câncer’. Ele levantou me deu um abraço emocionado, pois ele viu que era pela fé”, lembra a aposentada.

O esposo conta que viveu dias ruins, mas por crer no poder da oração também alcançou uma graça. “Desde os 25 anos começaram a aparecer algumas varizes na minha perna e aquilo, principalmente na perna esquerda, foi ficando muito saliente, muito grossa, e minha perna começou a inchar, o que estava me atrapalhando a andar. Falamos com Deus, como falamos com um amigo. Então, eu pedi ajuda, pedi para Ele curar a minha perna, pois eu precisava dela. Deus me atendeu. Foi uma graça! Os médicos não entenderam, disseram que não tinha explicação”, relata.

Mesmo após enfrentar tantos obstáculos, o casal é grato ao Pai Eterno e atribui tudo de bom que acontece em suas vidas a Ele. Toda família se uniu na construção de um espaço exclusivamente dedicado ao Pai Eterno. “Eu pensei em doar um lote para construir uma igreja dedicada ao Pai Eterno. Comentei com a minha esposa e ela disse que tem a mesma intenção, o mesmo desejo”, ressalta Manoel. A esposa completa: “Conversamos com o padre e para mim foi uma emoção muito grande”.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter