Apoio Espiritual

Superação: Motorista encontra no trabalho apoio contra o alcoolismo

Clayton Anacleto Silva é reconhecido por tratar passageiros com um carinho especial.

Foto: Danilo Eduardo

Já imaginou chamar um Uber e, quando o carro chegar, o motorista descer de terno, gravata, quepe, abrir a porta e ainda estender um tapete vermelho para você entrar? Em Goiânia (GO), isso acontece e tem chamado a atenção de muita gente. O motorista Clayton Anacleto Silva faz questão de trabalhar com esta vestimenta e oferecer um tratamento personalizado aos seus passageiros, com água, refrigerantes, doces e, claro, um sorriso bem largo no rosto.

Clayton tem 47 anos, é pai de 10 filhos, tem 12 netos e encontrou no trabalho como motorista a oportunidade de melhorar sua vida e de sua família. “Eu não queria reconhecer, mas eu estava alcoólatra, totalmente doente. Eu cheguei ao fundo do poço, estava prejudicando a minha família, devendo agiotas, deixando faltar as coisas em casa para os meus filhos. Então, eu vi uma possibilidade de me livrar disso tudo”, conta.

Hoje, tem vinte dias que Clayton trabalha como motorista da Uber e está sem beber nenhuma gota de álcool. “O lucro realmente não chega ao que preciso, mas eu recebo muitas gorjetas dos meus clientes e, no fim do dia, rende bem. Além disso, para mim, mais importante que o dinheiro é a minha satisfação em estar fazendo algo de bom, que agrada a todos e me torna uma pessoa melhor”, afirma.

O jornalista Aurélio Figueiredo é de Lorena (SP) e está sempre em Goiânia a trabalho. Ao chegar ao aeroporto dias atrás, chamou um carro pelo aplicativo e a chegada do Clayton foi surpreendente. “Eu nunca tinha visto um Uber assim. O que me marcou foi que ele me atendeu com muito carinho. Tive a impressão, ou melhor, a certeza, de que ele trabalha com muito amor. Isso é algo que nos inspira!”.

Foto: Danilo Eduardo

Clayton conta que os passageiros ficam surpresos, gratos e sempre brincam que querem somente ele como motorista. Tudo isso é motivo de orgulho para a filha, Evelyn Cristina da Silva, que se emociona ao ver o pai feliz, no caminho da superação. “Não só eu, mas toda a família está muito feliz. Achamos muito bom ele ter encontrado apoio no trabalho. Ele bebia todos os dias. Agora, está trabalhando, ajudando com as despesas em casa, a saúde melhorando”.

Além do trabalho na Uber, Clayton também tem um estúdio de tatuagem, onde conta com a ajuda da filha na administração e atendimento e tem fonte de renda mensal. “Primeiramente eu agradeço muito a Deus. Sem ele, nada feito!”. Para quem precisa de incentivo, o motorista e tatuador deixa um conselho: “Busquem Deus, e busquem qualificação profissional. Eu fiz cursos, pesquisei tudo e ainda quero fazer Inglês, me formar em Administração de Empresas. Quero dar o melhor de mim aos meus clientes e ser grande exemplo aos meus filhos. A minha vida está mudando e vai mudar ainda mais. Está dando tudo certo!”, comemora o motorista.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
2 Cometários
  • Edmundo da conceição
    16/5/2019 - 11:56:27

    Que exemplo de superação e serve de lição para muitas pessoas que está sem vontade para superar o vício do alcoolismo.
    Parabéns Sr Clayton. Continue com esse propósito.
    Que o abençoe o Sr e toda sua família. .

  • Eduardo Lucas Betanin
    16/5/2019 - 14:07:26

    Linda história de superação. Que o Pai Eterno abençoe, fortaleça e proteja sempre mais esse novo motorista. Que esse novo trabalho seja cada vez mais para você e sua família, Clayton, motivo de orgulho e recuperação. Parabéns!!

  • TV Pai Eterno









    Newsletter