Evangelização

Namoro Santo: Confira entrevista especial sobre o tema!

Pe. Natalino Martins aconselha homens e mulheres que queiram priorizar os tradicionais valores cristãos católicos.

O Dia dos Namorados é uma das datas mais importantes para o comércio, mas antes de ser uma data comercial, é preciso priorizar os valores cristãos, conforme orienta a Igreja Católica. De acordo com Pe. Natalino Martins, o cristão deve ter um compromisso muito grande dentro da realidade relacional e da conjuntura e estrutura do relacionamento cotidiano, em que as pessoas devem se ater ao respeito mútuo para que esta realidade flua em um grande fruto verdadeiramente matrimonial.

Diante deste conceito, o namoro santo é tido como o solo sagrado em um relacionamento. Pe. Natalino explica historicamente a origem desta ideia: “Nós observamos para entrar nesta temática que no livro do Êxodo, Moisés está pastoreado o rebanho do seu sogro e observa um fenômeno, uma sarça ardente. Ele se aproxima e do meio daquele fogo surge a voz de Deus dizendo: “Moisés, tire a sandálias dos pés, porque o lugar onde você está pisando é um solo sagrado. Então, a partir deste momento, nós podemos fazer uma grande leitura sobre o compromisso do amor, o sentimento, sobre o respeito que deve haver entre as pessoas. Sobretudo, dentro desta realidade sobrenatural de namoro, que e a chamada fase do conhecimento, e não a fase matrimonial. Que fique muito claro: namoro é namoro, casamento é casamento. Nesta fase de conhecimento, o homem e a mulher devem se imbuir de um respeito mútuo, profundo, uma consideração valorosa para que a pessoa não seja objeto e também o próprio autor da iniciativa de relacionamento tenha este zelo e este cuidado. Por isso, diante desta aparição, deste acontecimento, nós observamos que temos que tirar as sandálias dos pés, simbolizando assim, todo o orgulho, a pressa, a distração, toda a situação, e validações que o tempo vai tirando todos os valores para aderir a uma consciência reta sem o tempo quebrado para valorizar a pessoa”.

A Igreja carinhosamente recomenda que as pessoas tenham a delicadeza do tempo para vivenciarem de fato o namoro santo. “Devem esperar o tempo, porque ele matura, amadurece toda a visão da outra pessoa a cerca de si mesmo e da outra pessoa. Logo depois ter o embasamento bíblico para que todas as relações sejam baseadas com o próprio amor de Deus. Portanto, quando no livro de Gêneses o autor sagrado coloca que Deus criou o ser humano homem e mulher a Sua imagem e semelhança, vai também dar um apontamento para observarmos os gestos bonitos de Deus e valorizarmos, em primeiro lugar, a essência de Deus.  A Igreja é muito clara quando diz sobre essas questões do valorizar a presença inaudita de Deus na outra pessoa. Se não tem essa capacidade de ver a beleza e a delicadeza de Deus no outro, não tem como seguir um relacionamento”, ressalta Pe. Natalino.

Foto: Danilo Eduardo

Como templo do Espírito Santo, o homem e a mulher, que quiserem viver o verdadeiro namoro santo, devem direcionar o relacionamento a Cristo e viver a Palavra de Deus.  “O próprio Cristo, depois do desenrolar da história, diz para cada homem e cada mulher, principalmente no Evangelho de São Mateus, em se tratando da realidade madura do relacionamento, o homem deixa o seu pai, sua mãe, sua família e vai se unir a sua esposa. Então, a partir de um conhecimento, de uma vivência, de uma fase dialogal sobre um e outro há de se ter uma delicadeza da coragem para tomar a iniciativa de formar uma nova família. Por isso, eu costumo viver essa reflexão da seguinte maneira: Nós viemos de um ninho, somos nidíferos, porque onde formos somos convidados a construir um ninho igual ou superior ao de nossos pais. Assim, tendo a delicadeza do tempo, o cuidado com a outra pessoa, valorizando o que a outra pessoa é, é um bom e santo ensaio para se viver uma realidade matrimonial profunda, eficaz e frutífera”, conclui o Missionário Redentorista.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno









Newsletter