Notícias

Velário: lugar de diálogo com o Pai Eterno

Devotos deixam suas velas para agradecer as bênçãos recebidas e interceder pelos irmãos

Foto: Rodolfo Cândido

Em cada canto do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno é possível fazer uma prece para Deus, mas o velário é um lugar especial. Lá os devotos podem acender suas velas e fazer sua oração de entrega e também agradecimento ao Pai. A devota Maria Conceição da Penha, de Itaberaí (GO), foi até o velário para pedir uma graça especial para o filho. “Eu tenho um filho que é dependente químico. Ele está internado em uma clínica nos Estados Unidos, e eu vim aqui rezar e acender uma vela pela recuperação dele”, conta.

Para Maria Conceição, o pedido também é um agradecimento, pois o filho mesmo reconheceu o problema da dependência e pediu ajuda para fazer o tratamento. “Graças ao Divino Pai Eterno, ele está em uma clínica, está bem, foi por ele mesmo para se internar e isso para mim já foi um milagre”, celebra a devota.

Acender velas para conversar com Deus é uma tradição muito antiga na Igreja Católica. A vela é utilizada, por exemplo, em cerimônias como o Batismo, Crisma, no Tempo do Advento entre outras. Desde o início do cristianismo, a vela é um símbolo da luz de Jesus, que ilumina o caminho e clareia as dúvidas.

Além disso, acender uma vela por um ente querido já falecido ou para rezar por alguém é cumprir o que Jesus ensina no Evangelho: Vós sois a luz do mundo (Mt 5,14). Por isso, se estiver no Santuário Basílica, visite o velário, ao lado da Gruta da Intercessão, acenda sua vela por você e também por aqueles que mais precisam ser iluminados pelo Divino Pai Eterno.

Se você está longe, pode acender sua vela virtual aqui no portal Pai Eterno e deixar suas intenções.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store