Devoção

Devotas da Holanda e Califórnia participam da Romaria pela primeira vez

Elas vieram de longe para conhecer a devoção ao Divino Pai Eterno e a Festa de Trindade

Sílvia Melody Ramos Pina Lopes veio da Holanda especialmente para conhecer a Romaria do Divino Pai Eterno. Segundo ela, uma experiência de fé inesquecível: “Eu conheci através de uma amiga brasileira que esteve na Holanda. Ela é muito devota ao Pai Eterno e me falou sobre a devoção. Ela me convidou para vir e como eu gostaria muito de conhecer o Brasil, aproveitei para vir a Trindade. Quando eu cheguei já vi tamanha espiritualidade, no caminho as pessoas vindo andando é muito bonito de ver. Fiquei muito encantada e vou contar para a minha comunidade lá, porque eles precisam ver o que é a fé, como é a fé por aqui”, contou.

Para a devota participar da Romaria tem um motivo especial, já que passou por dias difíceis na luta conta um câncer. “Aprendi muitas coisas por aqui. Lá nós somos muito frios com essas coisas de espiritualidade. Então, é muito bom estar aqui, sentimento de alegria, de gratidão. Eu estava doente, fiz quimioterapia e hoje estou aqui curada. Ele foi muito grande na minha vida, estou aqui em pé e é graças a Ele. Estou aqui para agradecer, pois foram momentos muito difíceis, mas estou viva e bem. Eu me curei nas mãos Dele. Quando eu estava doente, eu não quis mais viver, mas Ele disse que eu viveria, me disse: “Olhe para mim, eu sou grande, eu sou de confiança”, relatou.

A devota Isabel Reis é outro exemplo de quem veio de fora do Brasil conhecer de perto a devoção ao Pai Eterno. Ela é da Califórnia e também se encantou e emocionou ao chegar na Capital da Fé de Goiás. “Eu pertenço a uma comunidade e estava em uma reunião na Pastoral quando uma senhora já tinha vindo à Festa do Pai Eterno e ela começou a contar a experiência, que era muito bonita por aqui. No final da reunião eu disse a ela que viria da próxima vez e foi assim, estou aqui conhecendo o Pai Eterno”, lembrou.

O que mais chamou a atenção da romeira foi a manifestação de fé, de esperança. “As pessoas participam muito, sentem, se emocionam e eu me emocionei vendo isso. Tem sido uma experiência muito positiva para mim. Eu já recebi bênçãos do Pai Eterno, que representa amor, nada mais que amor, pois Ele não vira as costas para seus filhos, nos acolhe, nos perdoa”, ressaltou.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno









Newsletter