Notícias

Um legado além da fé

Chegada dos Missionários Redentoristas em Goiás, há 125 anos, trouxe grande avanço para o estado

O ano de 2019 tem sido especial para os redentoristas de Goiás. Isso porque a Província Redentorista de Goiás comemora seu jubileu de 125 anos de chegada no Estado. Trata-se de um momento que merece ser reconhecido e comemorado por todos os goianos, considerando a importância desses missionários da fé para a evolução espiritual, social e cultural da região.

“Hoje, somos uma província forte e significativa, com 102 confrades professos em Goiás. Porém, conseguimos atingir muitos lugares por meio dos nossos veículos de comunicação. Nossa missão, que brota da missão dos primeiros missionários, continua, mas agora de uma maneira mais ampla, poderosa e com um dinamismo ainda maior”, afirmou o Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás, Pe. André Ricardo de Melo, durante Via-Sacra realizada na Capela São José, considerada a igreja mais antiga de Goiânia, onde foi o primeiro convento redentorista na cidade. A cerimônia abriu as comemorações desta data histórica.

Atividades

Além dessa atividade, um calendário específico para as comemorações jubilares está sendo preparado. Entre as ações, diversas celebrações e trabalhos de caridade e evangelização estão sendo realizados. A grande cerimônia para coroar os 125 anos acontecerá no dia 12 de dezembro, saindo em procissão da Capela São José até a Igreja Matriz de Campinas.

O coordenador das comemorações, Pe. Bráulio Maria Pereira, é Missionário Redentorista e confessa estar orgulhoso em fazer parte dessa história. “A grande importância das atividades é justamente a evangelização em terras goianas. Em 1894, já havia grandes missionários, padres diocesanos, bispos atuando na região, mas foi, sobretudo com a chegada dos redentoristas, que houve uma cristianização da Romaria de Trindade, uma abrangência e aprofundamentos maiores da cultura católica nesta região”, explica.

História

A Congregação do Santíssimo Redentor foi fundada em 9 de novembro de 1732, em Scala, na Itália, por Santo Afonso Maria de Ligório e outros cinco companheiros. Como carisma de vida, seus integrantes possuem a pregação das missões populares para as comunidades mais pobres e abandonadas do Reino de Nápoles.

Em 1894, Dom Eduardo Duarte da Silva, bispo de Goyaz, viajou para a Europa em busca de padres para atender a Romaria do Divino Pai Eterno do Barro Preto, realizar as santas missões na região sul da diocese e cuidar da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Campininhas de Goiás.

Em Goiás, foi construído o grande convento na área do atual Setor São José. A partir de 1924, um sacerdote e um irmão passaram a residir em Trindade, cujo convento foi canonicamente instalado em 1948.

A Província Redentorista de Goiás, hoje, possui papel primordial na evolução da fé do povo goiano e na propagação da devoção ao Divino Pai Eterno e de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Eles atuam em Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Distrito Federal.

Reestruturação

Em agosto do ano passado, foi aprovado um novo mapa das Províncias Redentoristas da América Latina e do Caribe, na Assembleia Extraordinária da Conferência Latino-Americana e Caribenha dos Redentoristas. O encontro histórico aconteceu em Trindade e reduziu o número das Unidades Redentoristas, de 23 para 7. Nesse novo mapa, a Província Redentorista de Goiás se unirá às unidades de Fortaleza e Recife.

Reportagem de Juliana Nunes

Reportagem de Juliana Nunes

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
1 Cometários
  • Lorena Carvalho
    15/7/2019 - 15:24:58

    Mais uma demonstração de toda organização da Congregação dos Missionários Redentoristas pela Evangelização Católica, muito importante toda dedicação, muitos esforços agregados, com planejamento que muito orgulha a todos nós católicos.

  • TV Pai Eterno

    MATÉRIAS RELACIONADAS











    Newsletter