Notícias

Conheça as dicas para soltar pipa com segurança

As férias são momento ideal para reunir toda a família para aproveitar a folga e brincar muito

Pandorga, papagaio, raia… Estes são alguns dos nomes dados a esta, que é uma brincadeira milenar: soltar pipa. Estima-se que a atividade tenha sido descoberta na China há mais de dois mil anos. E, hoje, mesmo com tanta tecnologia, soltar pipa ainda é um dos passatempos preferidos da criançada durante as férias escolares. O João Gabriel Pereira, de oito anos, brinca com muita alegria. “Eu gosto de soltar pipa, é muito legal”, contou o pequeno em matéria para a TV Pai Eterno.

Nos meses de férias, o número de crianças soltando pipa aumenta, porém a brincadeira precisa ser feita de forma segura. É preciso prevenir acidentes buscando espaços adequados: lugares abertos e longe da fiação elétrica. O Carlos da Paz faz questão de acompanhar os filhos durante o passatempo para estar sempre atento à segurança deles. “Aqui não usamos cerol, é muito perigoso, principalmente para motociclista, sei disso porque trabalho com moto e tenho medo”, afirmou.

Acidente

O uso do cerol é mesmo um detalhe para o qual todos devem se atentar durante a brincadeira. O aposentado Raimundo Nonato já foi vítima de pipa com cerol enquanto andava de motocicleta. Por sorte ele estava devagar quando tudo aconteceu. “Eu já fui vítima dessas linhas e levei quatro pontos no pescoço por causa disso”, relembrou.

Depois do acidente, ele decidiu colocar uma anteninha na moto para se proteger. Os órgãos responsáveis intensificam a fiscalização nesta época do ano para garantir que esse tipo de acidente não aconteça. É o caso da Guarda Municipal de Aparecida de Goiânia (GO). O objetivo é fazer ações de conscientização e recolher as linhas com cerol ou qualquer outro material cortante que ofereça riscos para a população. “Nós pedimos que as pessoas soltem pipa com responsabilidade, sem usar cerol, linha chilena e linha indonésia, que é uma novidade perigosa por ser muito resistente e altamente cortante. Então, a gente investe nesse trabalho de conscientização”, explicou Weber Júnior, Comandante da Guarda Municipal.

Na hora de empinar pipa é importante também passar protetor solar e usar boné, além de evitar os horários em que o sol está mais forte. A Lorrany Alves só tem onze anos, mas adora a brincadeira. “É bem legal. Não uso cerol para soltar pipa, porque é perigoso e acontecem muitos acidentes, então não é certo”, afirmou.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno