Devoção

Nossa Senhora de Laus: a importância dos sacramentos

Seguindo a série das aparições de Nossa Senhora, a história desta semana é sobre a aparição de Nossa Senhora de Laus

Seguindo a série das aparições de Maria, a Tv Pai Eterno exibiu, nessa quinta-feira, 29, a história de Nossa Senhora de Laus. Ela apareceu entre os anos de 1664 a 1718,  para uma pastora de 17 anos, Vale de Laus está situado em Dauphiné, sul da França, aos pés dos Alpes.

Durante quatro meses, Benoite Rencurel recebeu todos os dias, a visita de Virgem Santíssima durante o pastoreio do rebanho e pediu que fosse construída uma igreja e uma casa para sacerdotes, para atrair os cristãos desejosos de viver um caminho de conversão, especialmente por meio do Sacramento da Confissão.

As manifestações de Nossa Senhora carregavam uma mensagem, para que orasse sempre pelos pecadores. Após as manifestações de Laus, surgiu uma onda de incredulidade sobre a autenticidade das aparições. Por 20 anos, propagaram inúmeras contradições, especialmente entre o clero. Com a morte de Padre Lambert, Vigário Geral da diocese de Embrun, a celebração na capela Laus foi proibida. As devoções a Laus praticamente pararam por um tempo. Uma das inúmeras graças dadas por Nossa Senhora foi o poder milagroso do óleo que ficava na lâmpada do sacrário, que curava qualquer enfermidade.

Em maio de 2008, a Santa Sé anunciou o reconhecimento oficial das aparições de Nossa Senhora de Laus.  O Santuário de Laus ficou conhecido como refúgio dos pecadores. As aparições de Laus reforçam a “obra de Deus, que nem o homem nem o diabo poderão destruir”, segundo o Anjo Guardião de Benoite. A oração e à penitência para a conversão dos pecadores são instrumento de misericórdia divina a toda criatura. Nessa manifestação de Maria, a mãe da igreja nos direciona sobre a importância dos sete sacramento: Batismo, Confirmação – Crisma, Eucaristia, Penitência – Confissão, Unção dos enfermos, Ordem e Matrimônio. Dentre eles o que mais ficou evidente, foi o da confissão.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno









Newsletter