Evangelização

Você se comporta como cristão no trânsito?

Se cada um fizer sua parte com gentileza e educação, a rotina se transforma em algo mais leve

O trânsito faz parte da realidade da vida de quase todo mundo. Se você anda de carro, ônibus ou moto sabe muito bem o quanto é cansativo ter que passar por isso todos os dias. Hoje, dia 25 de setembro, é comemorado o Dia do Trânsito, um dia para se refletir sobre atitudes e comportamento no trânsito enquanto cristãos.

De acordo com o padre Amauri Mazzoleni, administrador paroquial da Paróquia Santa Luzia, é preciso se preparar diariamente para o trânsito. “Como cristão, nós precisamos nos organizar no seguinte sentido: Se vai pegar uma avenida que é muito movimentada, nós devemos sair alguns minutos antes e também ter a consciência e a compreensão de ter a tranquilidade. Como cristãos, devemos buscar essa sabedoria em Deus para que possamos dar o exemplo”, afirmou.

O Dia do Trânsito é uma boa oportunidade também para rezar e pedir a proteção ao santo padroeiro dos motoristas: São Cristóvão. “Ele foi um homem de estatura alta, forte, e ele sempre dizia que queria servir o homem mais poderoso do mundo. E ele disse: Onde vou encontrar Jesus Cristo? O Eremita disse: Você fica ao lado do rio, que aí você fará muitas experiências e servir a Jesus Cristo, o todo poderoso. E ajudava as pessoas a atravessa esse rio de um lado para o outro. Em uma dessas noites, uma criança o chamou para ajudar atravessar. E esse menino, no ombro de Cristóvão se tornou um grande peso, a ponto de correr o risco de se afogarem. O menino, então, disse: Você não só está carregando o mundo em seus ombros, mas como o criador do mundo, Jesus Cristo. Eu sou Jesus. Por isso, Cristóvão recebeu o nome de São Cristóvão, padroeiro de todos os motoristas”, pontuou o sacerdote.

Pe. Amauri Mazzoleni é pároco da paróquia Santa Luzia em Aragoiânia (GO), a 50km de Trindade (GO). Desde quando ele era padre da diocese de São Carlos (SP) ele realiza um projeto de conscientização nas rodovias.  “Foi da região de São Carlos que eu trouxe essa ideia para Aragoinia. No dia 25 de julho de 2019, nós realizamos na GO 020 essa experiência. Aqui dei o nome como Blitz da Fé, para dar o contexto religioso, pois a religião também se preocupa com os motoristas. Então, nós fizemos neste projeto uma orientação explicando quem é São Cristóvão e também, orientamos que o motorista não deve jogar lixo de dentro do carro para a rua. Então, foi essa experiência positiva que nós realizamos”, explicou.

Para o padre, enquanto cristãos, devemos transformar o ambiente do transito, muitas vezes hostil, um pouco mais humano a cada dia. “Enquanto existir vida, existe a esperança. Eu acredito que cada cidadão motorista pode trazer a sua contribuição com o seu testemunho. Começa comigo, com cada um de nós, tendo atitudes de respeito, cuidado, atenção, educação. Assim, nós conseguiremos fazer um transito com mais qualidade, cuidado e com mais vida à sociedade e à população em geral”, concluiu.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter