Notícias

Viva São Geraldo Majella!

Santo redentorista tinha como característica buscar a servir a Deus com alegria em qualquer função que lhe era designada

No dia 16 de outubro é celebrado o dia de São Geraldo Majella. Ele nasceu na cidade italiana de Muro, no ano de 1726. Sua família tinha muita fé e o ensinou sobre o amor a Jesus Cristo, principalmente sua mãe. Ainda muito jovem, aos catorze anos de idade ele perdeu seu pai e, então, tornou-se aprendiz na alfaiataria da cidade para ajudar a família.

Algum tempo depois, Geraldo decidiu servir o bispo de Lacedônia, apesar da sua fama de maltratar os funcionários. Ele sofreu humilhações e maus tratos do bispo, mas perseverou e o acompanhou até o dia de sua morte.

Quando acreditava que estava fazendo a vontade de Deus, Geraldo aceitava qualquer missão. E já então, Geraldo costumava passar horas diante de Jesus presente no Santíssimo Sacramento.

Conversão

No ano de 1745, com 19 anos, Geraldo voltou para a cidade de Muro, onde montou uma alfaiataria. Seu negócio prosperou, mas ele dava todos os seus lucros para os outros. Guardava o que era necessário para sua mãe e suas irmãs e doava para os mais necessitados.

A conversão de Geraldo não foi milagrosa ou repentina, o seu amor ao Pai Eterno foi crescendo constantemente e durante a Quaresma de 1747, ele resolveu servir a Cristo. Ele pediu admissão no convento dos Capuchinhos, não sendo, porém, aceito. Em 1749, os Redentoristas pregaram missões em Muro, Geraldo seguiu os padres de perto e se encantou por aquela vida. Ele pediu para ingressar no grupo, mas foi recusado devido sua saúde.

Mesmo assim Geraldo não desistiu e amarrou os lençóis da cama e, descendo pela janela, seguiu o grupo dos missionários. “Aceitem-me! Me deem uma chance, depois me mandem embora se eu não for bom”, disse Geraldo.

Diante de tamanha persistência, Pe. Cáfaro consentiu. Geraldo sentiu-se absolutamente e totalmente satisfeito com o modo de vida que Santo Afonso, fundador dos Redentoristas, traçou para os seus religiosos.

São Geraldo fez os votos na data de 16 de julho de 1752, que, conforme ele ficou sabendo com alegria, era a festa do Santíssimo Redentor. Desde esse dia a maior parte da vida de Geraldo foi vivida na comunidade redentorista de Iliceto.

Geraldo era um excelente trabalhador e assumiu diversas funções na comunidade e exercia com alegria cada uma delas: jardineiro, sacristão, alfaiate, porteiro, cozinheiro, carpinteiro e encarregado das obras da nova casa de Caposele. Sua maior ambição era antes de tudo fazer a vontade de Deus.

Em 1754, o seu diretor espiritual pediu-lhe que escrevesse qual era o seu maior desejo. Ele escreveu: “Amar muito a Deus; estar sempre unido com Deus; fazer tudo por amor de Deus; amar a todos por amor de Deus; sofrer muito por Deus. Minha única ocupação é fazer a vontade de Deus”.

São Geraldo dedicou sua vida a amar a Cristo e também a converter outros corações. Muitas mães receberam milagres pela intercessão do santo.

 

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
2 Cometários
  • maria do carmo fraga
    16/10/2019 - 20:35:48

    São Geraldo rogai a Deus pôr nos. Amém

  • Leocadia Neumann
    16/10/2019 - 21:59:30

    Pe.Robson , há dias estou comunicando que o Canal PAI ETERNO aqui em Joinville SC está sem SINAL faço a sintonia todos os dias e não entra no ar ,e como , meu querido Psicólogo Evangelizador sabe que eu assisto tudo o que é sobre a AFIPE ,e agora ,o Programa Palavras do Pai , só é transmitido na TV PAI ETERNO e é muito bom , uma CATEQUESE e tanto . Tem como verificar o que aconteceu ???

  • TV Pai Eterno

    MATÉRIAS RELACIONADAS











    Newsletter