Notícias

Você sabe o que foi o Concílio Vaticano II?

Convocado pelo Papa João XXIII, o concílio trouxe decisões que transformaram a Igreja Católica

Em dezembro de 1961 o então Papa João XXIII surpreendeu a todos convocando o Concílio Vaticano II e no ano seguinte a primeira sessão ocorreu. Segundo pároco da Catedral Metropolitana de Goiânia, Pe. Carlos Gomes, o concílio se trata de um encontro com o papa que teologicamente e canonicamente o centro da unidade da Igreja Católica. “O Concílio Vaticano II é um marco na história do catolicismo por sua grandiosidade, mais de dois mil bispos se reuniram em Roma, além dos padres e outros ajudantes”, explicou.

Na época, contou Pe. Carlos, o Papa João XXIII que tinha sido eleito como um pontífice de “transição”, após a morte do Papa Pio XII. Apesar da idade avançada, João XXIII percebeu a necessidade de mudanças na conduta da Igreja, na época ele usou a mesma frase motivacional que o Papa Francisco usa nos dias de hoje: “Quero uma Igreja pobre para os pobres”. “O objetivo de principal desse Concílio foi facilitar o trabalho pastoral na relação Igreja e povo de Deus”, afirmou.

Resultados

O Concílio Vaticano II durou três anos e trouxe mudanças que ecoam até hoje na rotina da Igreja Católica em todo o mundo. “Foi nesse Concílio, por exemplo, que as missas puderam também ser rezadas na língua materna de cada país e não somente em latim”, destacou Pe. Carlos. De lá saíram documentos abordando os temas como: a Igreja, a pregação da Palavra de Deus, as alegrias e esperanças da Igreja no Mundo; e também decretos que explicam sobre o trabalho das missões e a Igreja nos meios de comunicações.

Para Pe. Carlos, foi este Concílio que plantou sementes hoje colhidas no pontificado do Papa Francisco. “Foi lá que a Igreja decidiu não ter mais medo e buscar ser essa Igreja em saída, que alcança a todos promovendo o diálogo inter-religioso e com as pessoas”, explicou.

Neste encontro que se destaca na história da Igreja Católica, pois o papel do leigo também ganhou destaque. De acordo com Pe. Carlos, no Concílio Vaticano II, os leigos receberam o papel de protagonistas da fé, assumindo também a função de missionários, evangelizadores.

Transformações

O Concílio Vaticano II trouxe muitas mudanças para a Igreja e deu respostas a questionamentos da época. Atualmente, o Concílio e os Sínodos convocados por Papa Francisco existem para discutir e debater anseios e necessidades do povo de Deus em suas mais diversas realidades. “Ao longo da história da Igreja passamos por muitas dificuldades e provações, muitas pessoas falam para mim desanimadas em relação a isso, mas eu digo que a Igreja sempre permanece e vai permanecer de pé, pois ela é, antes de tudo, de Jesus Cristo. Mesmo com os ‘bombardeios’ as portas do inferno não prevalecerão”, finaliza Pe. Carlos cheio de fé.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
5 Cometários
  • Maria Regina de Goes Barros
    23/10/2019 - 18:47:07

    Gostaria de receber minhas cartas. Parei de receber e quero contribuir.
    Meu endereço Rua almerinda Braga N. 50 bairro jaderlandia. Castanhal-Pa. Px. Antiga sede da jô

  • Jorge Abbud
    24/10/2019 - 07:04:13

    O mal jamais será mais forte que nosso Pai Eterno e nossa vontade de segui-Lo! Obrigado Divino Pai Eterno pelo teu amor.

  • EDNO ANDRÉ COSTA
    24/10/2019 - 13:43:22

    DIVINO PAI ETERNO E MUITO MARAVILHOSO ELE TOMAS PROVIDENCIAR DIVINA PAI ETERNO EM TUDO AMÉM

  • antonia maria da conceicao
    25/10/2019 - 21:25:47

    Que o divino pai eterno abençoe e proteja essa igreja que tanto amo. Maravilhosa matéria. Parabéns a toda equipe

  • TV Pai Eterno









    Newsletter