Evangelização

Oratório em casa colabora com a manutenção da fé nas famílias

Ter um cantinho especial para rezar é tradicional nas famílias católicas, mas a igreja não impõe essa obrigação.

Os cristãos católicos carregam em sua história, diversas tradições e costumes. Uma delas é o oratório residencial, onde eles costumam fazer um local específico e colocar os seus santos de devoção para fazerem as orações sempre nesse local, deixando que os santos abençoem seus lares.

A origem dessa tradição de montar um oratório veio lá da idade média. Naquela época, as pessoas já tinham esse costume de montar oratórios, pois os religiosos sempre carregavam consigo alguns objetos sagrados em sua forma portátil para os locais onde faziam pregações. Desde então, o costume e foi tomado nas famílias e elas começaram a montar seus oratórios em suas próprias residências, e isso segue até hoje.

De acordo com o missionário redentorista, padre Carlos Oliveira, as famílias gostam de ter seus próprios locais de oração e a igreja apoia essa tradição. “No catecismo da Igreja no número 2691 Contempla que: ‘para a oração pessoal, pode  servir um recanto  de oração’, com a escritura e as imagens sagradas, para fazer valer o mandato do Evangelho de Jesus cf. Mateus 6, 5-6 que diz:  ‘…tu quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente’, explica o padre.

Segundo o sacerdote, não existe uma imposição da igreja em relação a ter ou não esse espaço em casa, mas a igreja apoia esse tipo de ação por parte dos cristãos. “Os oratórios servem para lembrar-nos da necessidade de orarmos em todas as circunstâncias de nossa vida é nós ajuda a criar uma rotina de oração no coração da família”, completa.

A arquiteta Gabriela Moura tem um oratório em casa e diz que é um costume de família. “Minha avó tem um oratório na sala com bíblia, imagens, terço e velas, minha mãe também tem na sala”, explica Gabriela que quando casou, quis logo dedicar em sua casa um cantinho especial para oração. “Tudo começou quando me casei. O terço que usei e a imagem da sagrada família que ganhei da minha mãe foram a nossa maior inspiração a montar um cantinho que nos fizesse sentir mais próximos de Deus e para nos auxiliar nas orações diárias”, conta.

Segundo ela, é um espaço sagrado e que faz sentir bem.  “Ao ver as imagens, crucifixo, velas e terço a lembrança do céu vem à mente imediatamente e isso me faz sentir mais ainda o desejo da oração”, completa.

Elementos para um oratório

A igreja não orienta como deve ser o oratório, mas esse local dedicado às orações, geralmente é montado em um canto mais silencioso da casa, na sala, no quarto ou até na sala de jantar para horas das refeições. Alguns objetos são característicos desse cantinho de oração como imagens ou estampa de santos de devoção, a Bíblia, terços ou até foto de entes queridos, falecidos ou com intenções de orações, além de flores e velas. Segundo padre Carlos, o crucifixo é um elemento especial e que é indicado ter nesse cantinho. “O centro da nossa fé é o Cristo, por isso no oratório não pode faltar um crucifixo sinal da fé cristã”, finaliza.

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter