Notícias

Santuário do Divino Pai Eterno celebra 13 anos da instalação do título de Basílica

No dia 18 de novembro de 2006, a igreja foi reconhecida pelo Vaticano por sua importância espiritual e histórica em Goiás

Nesta segunda-feira, dia 18 de novembro, o Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), comemora 13 anos da elevação do Santuário do Divino Pai Eterno à dignidade de Basílica. “É uma igreja que tem uma expressão muito forte no Centro-Oeste e que traz o culto a adoração às pessoas da Santíssima Trindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo, que é a centralidade, o fundamento da fé cristã. Então, nós nos alegramos porque essa igreja foi dedicada à Santíssima Trindade e foi assim que, carinhosamente, brotou do coração do povo do Brasil e, principalmente, do coração do povo goiano trindadense, o reconhecimento na pessoa do Pai, essa paternidade”, afirma Pe. Marcelino Ferreira, prefeito do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno.

O Missionário Redentorista explica ainda que o título é o reconhecimento do Papa pela grande importância espiritual e histórica do lugar: “A Basílica do Divino Pai Eterno tem uma predileção no coração do povo, principalmente do povo goiano e do povo do Brasil, pois é uma igreja referencia. Por isso, ao longo da vida pastoral foram se agregando elementos que nós, padres, trabalhamos aqui neste Santuário, achamos por bem apresentar à Santa Sé, a partir dos bispos, por parte do senhor arcebispo, pedindo o título de reconhecimento e que o Santuário pudesse ser elevado à dignidade de Basílica. Então, há 13 anos recebemos o título, na época ainda era o Papa Bento XVI, que concedeu o título à igreja de Santuário Basílica do Divino Pai Eterno”.

O título de Basílica foi concedido em 2006, ano que marcou o Jubileu de 50 anos da Arquidiocese de Goiânia. A igreja é a única Basílica no mundo dedicada ao Divino Pai Eterno. Uma devoção que hoje é cada vez mais forte e conhecida não só no Brasil, mas no mundo todo. “A partir do Santuário de Trindade, nós atingimos todo o território brasileiro. Então, nós temos todo o cuidado de zelar pela casa do Senhor, a casa de Deus e, principalmente, pelo culto, pela adoração, na Eucaristia, nós zelamos por fazer bem a celebração litúrgica não fazendo bem, não ferindo nenhum princípio que impede que nós o celebremos com dignidade”, pontua Pe. Marcelino.

A fé dos devotos do Pai Eterno fiz com que o Vaticano reconhecesse a importância do Santuário. Por isso, hoje é uma data para comemorar e celebrar. E para muitos, conhecer o Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, é um sonho e uma experiência de fé que faz parte da história daqueles que amam e creem no Divino Pai Eterno. “A gente nem sabe falar direito de tão emocionada que ficamos. É uma bênção de Deus esse lugar!”, afirma Terezinha Maria Rios, de Passatempo (MG). A amiga, Marcina das Graças Silva, da mesma cidade, diz que o Santuário é um pedacinho do céu. “É um lugar que temos para agradecer por tantas graças que recebemos. Dá vontade de ficar o tempo todo lá dentro”, conclui.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno









Newsletter