Notícias

Polícia Rodoviária Federal promove campanha contra o câncer infantil

Saiba mais e participe. Sua doação pode ajudar quem está passando por dificuldades

A campanha “Policiais contra o câncer infantil”, promovida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) começou em Goiânia (GO) em 2014 e já ganhou o Brasil inteiro. O chefe do grupo de comunicação da PRF Goiás, inspetor Newton Morais, afirma que o objetivo da companha é mostrar o lado social da polícia de inclusão com a sociedade. “Nosso trabalho em si não é apenas combater a criminalidade, os problemas do trânsito. Como é uma polícia social, comunitária, entendemos que esta campanha seria um bom momento para ter este trabalho”, afirma.

O projeto também tem como objetivo ajudar um hospital de Goiânia, referência no tratamento contra o câncer no país, que atende cerca de 500 crianças por mês. “As crianças vem para cá e são assistidos pela unidade hospitalar e precisam voltar para casa com uma condição de dar acompanhamento necessário. Neste caso, além da polícia solicitar à comunidade de todo o Estado e do país, já que é uma campanha nacional, para comparecer nas unidades de saúde e fazer doação de sangue, aqui para Goiás a nossa ideia é recolher suplemento alimentares para abastecer essas crianças durante o seu período de tratamento aqui no hospital”, destaca o inspetor.

Sangue e plaquetas são fundamentais para o tratamento doença e a campanha se torna essencial nesta época do ano em que o movimento de doadores diminui bastante. “Essas doações são importantes para conseguirmos repor o nosso estoque nesses períodos críticos, que são o fim de ano e julho”, ressalta o biomédico, Wilson Moreira.

Infelizmente não são todas as pessoas que podem colaborar, por isso é importante ficar atento a todas as informações, seja para doação de sangue ou de plaquetas, conforme explica o biomédico. “A doação de sangue é feita a partir dos 18 anos. A pessoa precisa estar bem, saudável, vai passar por entrevista com enfermeira ou biomédica, e assim pode realizar a doação de sangue. Para a doação de plaqueta, ela muda um pouco porque a pessoa tem que fazer uma doação prévia para vermos a sorologia do doador e temos que fazer a contagem de plaquetas. O peso para doação de sangue é de 50 kg, mas para doação de plaquetas é 60 kg”.

Para participa, basta informar os dados pessoais apresentando um documento com foto. Depois de passar pela triagem com um especialista, se tudo estiver ok, a pessoa já é encaminhada para a doação, que, com certeza, vai ajudar uma criança que precisa muito. Todos nos podemos ajudar a quem precisa. Basta você tomar esta decisão e cumprir. A campanha da Polícia Rodoviária Federal pode mudar a vida de muitas crianças.

“Sangue e plaquetas podem ajudar a salvar muitas vidas. Sua vida está boa? Agradável? Então, vamos ajudar quem não está assim. A sua ajuda será fundamental para que possamos mudar um pouquinho dessa situação e condição ruim que muitos vivem. Ajude-nos a salvar vidas”, ressalta o inspetor Newton.

A Carolina Iracema Rego, hematologista pediatra, trabalha no hospital há três anos e sabe o quanto é importante falar sobre esse assunto. “Nós, médicos, profissionais da saúde, pessoas, pais, mães, todos nós temos que lembrar que existe câncer na criança. E se a gente não lembrar, nunca vamos levar o nosso filho no médico para procurar e o médico também nunca vai procurar na criança. Então, lembrar disso é fundamental para um diagnóstico precoce”, alerta.

Segundo o inspetor, o benefício é para todos os envolvidos na causa: “O mais importante disso tudo é ver o quanto elas mudam o quanto você propriamente muda vendo um pai, uma criança que está nesta unidade em tratamento há anos tentando se livrar de uma doença que é ruim, mas que você na sua casa, com tranquilidade, pode ver esse lado e internamente se modificar, ser mais humano, mais amigos, parceiro, mais companheiro, não só dos doentes que estão nesta unidade, mas da sua própria família”.

Em Goiás pelo telefone 191 é possível agendar a doação dos suplementos. Já a entrega pode acontecer em qualquer uma das 13 unidades operacionais espalhadas pelas rodovias federais que cortam o estado. Participe da campanha!

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter