Igreja convida os Cristãos a vivenciarem o Advento

Esse tempo litúrgico começa neste domingo, 1º de dezembro e se encerra no Natal, dia do nascimento de Jesus

No mês de dezembro, a Igreja celebra a solenidade do Advento, um tempo litúrgico em que, durante quatro semanas, a igreja prepara para receber o Messias. Esse Tempo do Advento foi instituído pela Igreja Católica para que os cristãos se preparassem para a celebração do Natal, mas também recorda a dupla vinda do Senhor, isto é, a vinda entre os homens e a vinda próxima de Jesus.

De acordo com o padre, João Batista de Lima, o Advento é um tempo cheio de expectativa em que as pessoas se enchem de esperança e ficam atentas e vigilantes, em preparação para a alegre vinda do Senhor. “É um tempo de sobriedade, em que somos preparados para o Natal. A cor, assim como o tempo da quaresma é o roxo, pois representa o espírito de vigilância, e de preparação para a chegada de Cristo. Mas hoje, buscamos usar a o roxo mais claro para diferenciar, pois o tempo do Advento significa estarmos vigilantes, para o que vem”, explica.

O Advento recorda também o Deus da revelação, Aquele que veio, Aquele que está entre nós e Aquele que virá no “dia do Senhor”. Segundo o padre, é um Tempo especial. “Pra nós, é um tempo de preparação do Natal e marca o inicio de um novo ano litúrgico, para celebrar o mistério da encarnação”, diz.

Além disso, padre explica que também é um momento bem familiar. “O Natal é uma festa da família. É Jesus que veio e que nasce o tempo do advento, tempo da família, para preparar o caminho do Senhor na realidade mais íntima de cada um”, conta.

Orientações da igreja

Como tempo litúrgico, o Advento chama ao recolhimento para a grande festa do Natal. Diante disso, padre João Batista explica que, a Igreja, orienta os cristãos a não anteciparem essa festa. “O Tempo do Advento, é um caminho de preparação interior”, diz ele, que explica também a postura da igreja diante desse tempo. “No Tempo do Advento, a igreja não usa muitas flores, não cantamos o ‘Glória”, pois, não podemos antecipar as alegrias do Natal de Jesus”, revela.

Além disso, alguns objetos simbolizam esse tempo litúrgico. “A cada ano, nós fazemos um caminho espiritual. Mas é um caminho que não tem fim, por isso simbolizamos com a coroa. Além disso, são quatro velas que simbolizam as semanas de preparação,  para mostrar esse processo de conversão, vigilância e a alegria diante da proximidade do nascimento do Senhor”, explica.

 

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
1 Cometários
  • Rita Aparecida de Souza Faleiros
    30/11/2019 - 20:02:36

    Gostaria que me envie um boleto para fazer minha doação de Novembro
    Obrigada

  • TV Pai Eterno

    MATÉRIAS RELACIONADAS











    Newsletter