Evangelização

Colaboradores do Santuário Basílica fazem retiro e curso de formação

Foco é alinhar os objetivos para que o trabalho de evangelização e acolhida dos romeiros continue sendo feito da melhor forma

Todo cristão é convidado a ser  discípulo e missionário de Jesus. E há muitas formas de atender a este chamado. Ajudar na casa de Deus é uma delas. Para fazer isso da melhor forma possível, os colaboradores do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), participaram de um curso de formação. “Momento de refletir a nossa vida, a nossa caminhada anual e agradecimento por todos aqueles que doam gratuitamente o seus serviços aqui no Santuário Basílica”, afirmou Pe. Marcelino Ferreira, prefeito do Santuário Basílica.

O Fábio Cassiano é ministro da Eucaristia. Para ele, fazer este trabalho na casa de Deus é fundamental. “Com o curso aprendemos a acolher com amor, carinho para que os devotos venham cada vez mais visitar o Santuário. Estamos preparados para isso”, disse.

No curso, os colaboradores aprendem um pouco mais sobre a Congregação dos Missionários Redentoristas e sobre a importância do trabalho desenvolvido por eles no Santuário Basílica do Divino Pai Eterno. Ir. Diego Joaquim ministrou uma palestra e falou da importância dos leigos para o trabalho missionário no acolhimento dos devotos que chegam de fora. “São milhares de romeiros que visitam o Santuário todos os dias. E são muitos os serviços necessários. Temos um grupo de Missionários Redentoristas que trabalha no Santuário há 125 anos, mas seria impossível fazer isso sem os leigos e leigas que atuam na acolhida, como, por exemplo, os ministros da Eucaristia, leitores, animadores, acolhida nas secretarias, confissões, fora os próprios funcionários do Santuário do ponto de vista estrutural, limpeza e transmissão. Então, sem essas pessoas, a mensagem do Pai Eterno não chegaria ao coração de tanta gente. Por isso, o Santuário oferece este momento para a formação, mas também é uma forma de agradecimento à essas pessoas em dizerem sim ao chamado do Pai”, pontuou.

O retiro é feito anualmente e o foco é alinhar os objetivos para que o trabalho de evangelização continue sendo feito para levar o amor do Pai Eterno aos devotos. “Nós não estamos prontos, precisamos nos formar, principalmente com as coisas da fé. Então, por isso, os colaboradores têm esse momento de formação e também especial para formar e alimentar o espírito, a alma para que no próximo ano estejamos prontos para trabalhar na Romaria e no cotidiano na Basílica. Que todos possam estar firmes, renovados na esperança e motivados em doar a sua vida”, concluiu Pe. Marcelino.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS











Newsletter