Devoção

O poder da fé no processo da cura

Devemos acreditar no poder do Divino Pai Eterno para resolver todos os obstáculos

Todos nós já passamos por algum obstáculo na vida, seja uma enfermidade, a perda de um ente querido, uma crise financeira, algum vício. Enfim, trata-se de algo inevitável e que nos exige força e sabedoria. Muitas são as reações diante disso. Alguns se desesperam e acabam se entregando à dificuldade. Outros enxergam a fé como uma grande aliada e passam a acreditar no poder do Divino Pai Eterno para resolver o problema, seja ele qual for.

A dona de casa Ana Maria Caixeta se enquadra nesse segundo grupo, daqueles que nunca perdem a fé. E isso foi essencial para que ela vencesse duas difíceis batalhas contra o câncer. O primeiro foi descoberto em 2017, em uma das mamas. Passado o susto, ela iniciou o tratamento e, diariamente, acompanhava as Novenas com o Pe. Robson de Oliveira e bebia a água benta, acreditando que tudo terminaria bem. Assim aconteceu!

“Fui agraciada e recebi a cura do Divino Pai Eterno. Até o médico duvidou quando viu os resultados dos exames. Ele pediu para repetir e, mais uma vez, foi confirmada a minha grande graça alcançada”, conta. Porém, o destino colocou outro desafio na vida da Ana Maria. Em 2009, ela foi diagnosticada novamente com um novo tumor. Desta vez, na outra mama.

A situação era complicada, já que o tipo de câncer era ainda mais agressivo. Mas, ela não se deixou abalar. Graças à devoção ao Divino Pai Eterno que lhe foi passada pelos pais, ela recorreu à fé mais uma vez. “Continuei em oração e, seguindo o exemplo da minha mãe, assistia às Novenas e bebia a água benta todos os dias, pedindo por mais um milagre. Fui ouvida e, hoje, estou completamente curada. Como forma de agradecimento, participo todos os anos da Romaria de Trindade”, relata, emocionada.

Pedidos de oração

Ana Maria Caixeta conta que uma das formas de pedir orações pela sua cura foi enviando intenções à Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). Assim como ela, milhares de devotos necessitam de oração e enviam suas cartas (em resposta à carta mensal do Pe. Robson de Oliveira). O trabalho de receber esses pedidos e as graças alcançadas é realizado pelas Irmãs da Copiosa Redenção.

“As intenções chegam pelos Correios na Afipe e nós selecionamos por temas. A maioria deles é sobre saúde, especialmente câncer. Nós rezamos por todos pedidos, enviamos para as Irmãs Carmelitas e também separamos alguns para serem lidos durantes as Novenas e programas da TV Pai Eterno”, explica a Irmã Marisa de Paula Neves, uma das colaboradoras da Associação.

Ela testemunha que, desempenhando sua função, lida com histórias que são verdadeiras lições de vida. “O segredo é nunca perder a fé. Por mais complicado que seja o seu problema, busque forças no Divino Pai Eterno e nunca deixe de acreditar no poder Daquele que quer sempre o nosso bem”, finaliza a religiosa.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
2 Cometários
  • Telma Vasconcelos
    8/2/2020 - 22:41:01

    Deus é luz, força e fé. É nosso abrigo. E nos transmite isso por meio de sua infinita bondade e misericórdia! Eu te louvo, Senhor, pela recuperação da saúde de todos que tem fé.Amém!

  • Antonio Marques
    10/2/2020 - 10:26:03

    Ana Maria,acredito no depoimento da senhora, muitas graças eu tenho recebido,nesse momento acabo de acender duas velas de graça alcançada nesta noite.

  • TV Pai Eterno




    Baixe o aplicativo Pai Eterno

    Google Play
    App Store