Apoio Espiritual

É tempo de celebrar o amor ao Divino Pai Eterno

É tempo de celebrar o amor ao Divino Pai Eterno. A nossa celebração, […]

É tempo de celebrar o amor ao Divino Pai Eterno. A nossa celebração, neste ano, tem sentimento de memória. É a memória da celebração da fé, da devoção, da dedicação…

A memória ultrapassa a noção de tempo e de espaço. A memória permite que você, romeiro, romeira, caminhante do Pai Eterno, reviva o tempo percorrido, permite que você revisite os sentimentos e agradeça. Pela narrativa das memórias, tantos, assim como eu, que nunca participaram da Romaria, podem ter o seu coração pleno de esperança e de gratidão.

É um tempo de viver a intensidade das perguntas: o que o Pai Eterno tem a nos dizer? É tempo de olhar mais para o tempo… Tempo de olhar para o Pai… Tempo de olhar mais para nós… A vida não se esgota no instante. Não podemos olhar este momento como a suspensão de uma história… Não! É a história que está sendo celebrada de outra forma.

É tempo de pedir: Pai, passa na frente! Esta é expressão de confiança dos filhos na ação perene do Pai no tempo e na história. Para conduzir o povo rumo à libertação, “o Senhor ia adiante deles: de dia numa coluna de nuvens para guiá-los pelo caminho; e de noite numa coluna de fogo para alumiá-los; de sorte que podiam marchar de dia e de noite.” (Êxodo 13,21)

Na espiritualidade do povo de Israel, recordar a caminhada no deserto é renovar a certeza do amor de Deus, que se manifesta na sua história. Essa lembrança é fonte de esperança, fortalece o povo em sua caminhada cotidiana, fazendo-o reviver a mesma experiência em todos os tempos. O Senhor “guiou o Seu povo no deserto, porque o Seu amor é para sempre!” (Salmo 136,16)

Confiar-se ao Pai revela a pequenez da humanidade e a grandeza de um Pai amoroso, que vai à frente e abre os caminhos. Portanto, quando o Pai está na frente, os filhos não precisam temer nada. “O próprio Senhor marchará à tua frente. Ele estará sempre contigo! Nunca te deixará, jamais te abandonará! Não tenhas medo, nem te apavores!” (Deuteronômio 31, 8)

O Papa Francisco, em mensagem aos comunicadores neste ano de 2020, afirma que o homem é o único ser que “tem necessidade de narrar-se a si mesmo, «revestir-se» de histórias para guardar a própria vida. Não tecemos apenas roupa, mas também histórias: de fato, servimo-nos da capacidade humana de «tecer» quer para os tecidos, quer para os textos. As histórias de todos os tempos têm um «tear» comum: a estrutura prevê «heróis» – mesmo do dia-a-dia – que, para encalçar um sonho, enfrentam situações difíceis, combatem o mal movidos por uma força que os torna corajosos, a força do amor. Mergulhando dentro das histórias, podemos voltar a encontrar razões heroicas para enfrentar os desafios da vida.”

Mergulhando na história da devoção ao Divino Pai Eterno, que há 180 anos cobre de bênçãos o Brasil, encontraremos a força necessária para vencer todos os males, para enfrentar todos os desafios e para clamar: Pai Eterno, curai-nos e protegei-nos!

Marcus Túllius

Apresentador da TV Pai Eterno

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
3 Cometários
  • Alcira Rizete Régis Lemos Barbosa
    28/6/2020 - 15:20:19

    Boa tarde Túlio! Assisto sempre o seu programa, Pai passa na frente, e essa mensagem é muito atual e original! Que o Divino Pai Eterno, lhe proteja sempre!🙏

  • Maria das Graças Kroger Sousa
    28/6/2020 - 16:39:00

    Que maravilha! Que o Divino Pai Eterno nos proteja, livrando de todo mal. Amém.

  • Rafael Silveira
    28/6/2020 - 20:55:09

    Obrigado meu pai eterno por proteger de todos os maus sou devoto a pai eterno agradeço todos dias pela sua proteção amém..

  • TV Pai Eterno




    Baixe o aplicativo Pai Eterno

    Google Play
    App Store