Notícias

“Meu esposo venceu a covid-19 graças ao Divino Pai Eterno”, conta devota

Apesar do medo, Eleuza Martins nunca perdeu a fé e sempre acreditou que seu esposo venceria a doença

 

“No primeiro momento, senti uma imensa angústia e medo de acontecer o pior. Depois, criei forças, me ajoelhei diante da Imagem do Divino Pai Eterno e, com fé, pedia que Ele operasse um milagre”. O relato é da professora Eleuza Martins, de Goiânia (GO), sobre o difícil período que viveu quando seu esposo, o motorista Everton Elias, foi diagnosticado com covid-19. Foram momentos conturbados, mas hoje é apenas gratidão ao Pai Eterno por ter vencido essa doença tão séria.

Ela conta que Everton é condutor de ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e lida com pacientes infectados por covid, o que o deixou bastante exposto ao vírus. “Tínhamos consciência do risco que ele corria, mas era o trabalho dele. Assim que ele começou a se sentir mal, com febre, dor de cabeça e na garganta, já desconfiamos que poderia ser isso”, diz.

O quadro de Everton piorou quando ele foi acometido por uma pneumonia e chegou a ficar com 50% dos pulmões comprometidos. O desespero da família aumentou quando não encontraram vaga em nenhum hospital particular de Goiânia. “Foi uma verdadeira peregrinação, mas eu nunca perdi a minha esperança. Eu rezava o tempo todo e pedia uma luz ao Divino Pai Eterno”, narra.

E a luz apareceu. Dois colegas de trabalho de Everton, descritos por Eleuza como anjos da guarda, conseguiram uma vaga e ele foi internado. Nesse período de internação, a esposa intensificou suas orações, assistia diariamente às Novenas pela televisão e bebia a água benta, pedindo que ele saísse com vida daquele hospital.

Gratidão

A partir disso, Everton foi melhorando gradativamente e, já no terceiro dia, recebeu alta. A felicidade estava estampada em seu rosto ao deixar o hospital, inclusive foi aplaudido pelos profissionais de saúde da unidade. “Vê-lo segurando a placa com a frase ‘Eu venci a covid-19’ me deixou muito emocionada. Passou um filme na minha cabeça e, no meu coração, era apenas gratidão. Mais uma prova do quanto o Pai Eterno é misericordioso conosco”, relata Eleuza.

Depois disso, uma de suas filhas também foi diagnosticada com covid, mas os sintomas foram mais leves e logo ela se recuperou. “Pode ser que minha outra filha e eu também pegamos, por estarmos na mesma casa, mas não sentimos nada. Passar por esse momento só fortaleceu a nossa fé e, hoje, só temos que agradecer ao Divino Pai Eterno por tanta bondade e amor”, finaliza a devota.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno