Construção

Ossário terá memorial da Pedra Fundamental

O espaço já está construído e fica seis metros abaixo do térreo, no terreno onde está sendo construído o complexo do Novo Santuário

O Novo Santuário do Divino Pai Eterno possui características particulares e importantes para um Templo tão especial. Um desses detalhes é a construção de um ossário, local destinado a receber restos mortais. Dentro do projeto, esse espaço já está construído. Ele fica localizado no subsolo, a cerca de seis metros do piso térreo.

A área construída possui 12 mil metros quadrados e tem 75% do seu uso destinado para depósito de ossos, ou construção dos lóculos, como é chamado o espaço para este fim. Além disso, será o local, também, que abrigará o memorial da Pedra Fundamental, que é bem no centro da projeção da cúpula da Igreja.

De acordo com o coordenador de projetos da obra, o engenheiro Marcos Vinícius Martins Rezende, uma grande estrutura foi construída para esse ambiente que não é visto de longe, pois fica abaixo da terra, mas que precisou ser minuciosamente pensado e calculado a fim de garantir a segurança do local e das pessoas que o visitarão. “O espaço destinado ao ossário é uma grande estrutura de concreto armado, assim como grande parte do complexo religioso”, diz.

Por se tratar de um espaço subterrâneo, uma série de regras precisaram ser adotadas para a construção. “Teremos banheiros, rampas de rota de fuga e área técnica para fazer a ventilação do ossário. Além disso, teremos um controle de acesso de pessoas, em função de normas de prevenção, monitorado pelo corpo de Bombeiros com  ambientes, sistemas de exaustão e ventilação”, explica.

Este espaço, assim como todo o projeto, está sendo pensado com muito carinho para acolher os devotos do Divino Pai Eterno que devem visitar o local e, possivelmente, os restos mortais de seus entes queridos. Em se tratando de espaço de lóculos, há uma previsão da construção de gavetas para esse fim especial. “É prevista a construção em torno de 10 mil, um número que ainda pode variar podendo chegar a 12 mil após a construção completa”, explica o engenheiro. Segundo ele, o espaço é cheio de peculiaridades. “Nós termos uma disposição para que as pessoas possam visitar esse local, fazer pequenas orações, celebrações, e lóculos que estarão indicados de forma fácil para serem encontrados”, comenta.

Ainda de acordo com Marcos Vinícius, é previsto, também, que haja no local uma pequena capela, climatizada, tudo bem trabalhado e temático para oração pessoal, com possibilidade de Celebração Eucarística, que vai ocupar cerca de mil metros quadrados.

“Estão sendo pensados revestimentos em pedras, capela, bancos em madeiras maciças, acabamento em granito, portas em madeira maciça, vitrais em estruturas de chumbo, com pinturas e artes sacras, a estruturas das estantes serão de alvenaria, com molduras e revestimentos em mármores”, detalha o engenheiro que diz que esses detalhes já estão em projeto com os arquitetos responsáveis.

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno