Notícias

“É tempo de cuidar da saudade e da casa comum”

CNBB lança campanha especial sobre saudade e gesto concreto para o Dia de Finados

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convida todos os brasileiros neste dia 2 de novembro, Dia de Finados, a lembrarem dos seus entes queridos que já se foram de uma forma especial, por meio de um gesto concreto, e um jeito positivo para o meio ambiente.

Como maneira de homenagear aqueles que já estão na morada do Pai, a CNBB teve como ideia, incentivar as pessoas a plantarem uma árvore nativa, em homenagem àquela pessoa querida que foi chamada pelo Pai Eterno e deixou saudade. De acordo com o bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da CNBB, Dom Joel Portella Amado, “esse gesto, além de evitar as tradicionais aglomerações nos cemitérios, liga-se também à triste destruição ecológica decorrente das queimadas em algumas regiões do país”.

A iniciativa conta com a participação da TV Pai Eterno, responsável pela produção do vídeo de divulgação da campanha, e faz parte da Ação Solidária Emergencial da Igreja no Brasil “É Tempo de Cuidar”, criada pela CNBB e pela Cáritas desde o início da pandemia do coronavírus. Portanto, o gesto especial para esse finados traz também o incentivo de plantar uma árvore, em especial, aos vitimados pela pandemia da covid-19.

A campanha estimula a compartilhar o gesto por meio das redes sociais com a hashtag #CuidarDaSaudade para que o ato seja disseminado e mais pessoas possam fazer esse gesto de amor e cuidado com o meio ambiente.

O arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Walmor Oliveira de Azevedo, divulgou um vídeo na última terça-feira, dia 27 de outubro explicando que esse gesto concreto de plantar uma árvore é uma forma de testemunhar a esperança de enfrentar a morte de uma maneira menos dolorida e mais amorosa.

De acordo com o presidente da CNBB, gestos solidários, responsáveis e concretos são ensinamentos cristãos que devem ser praticados diariamente: “É o que nos pede o Papa Francisco em sua carta encíclica Fratelli Tutti, dedicada a um princípio da nossa fé – somos todos irmãos”.

Ainda segundo ele, devemos entender que a morte não é o fim, mas, o contrário disso para aqueles que creem. “Neste dia em que meditamos sobre a morte não percamos o rumo: nascemos para a vida. Estamos a serviço da vida na certeza de que um dia nos encontraremos com aqueles que partiram antes de nós. A partir desta convicção, em homenagem às vítimas da pandemia e sensível às tragédias ambientais que vêm ocorrendo neste ano, a nossa Igreja convida você para um gesto concreto: o plantio de uma árvore, na sua casa, ou na sua comunidade, em memória de quem nos deixou”, completa.

Confira, abaixo, o vídeo de divulgação da campanha:

Fonte: Afipe, com informações da CNBB

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno