Igreja no Brasil

Tempo de cuidar da evangelização

Campanha da CNBB tem o objetivo de mostrar a importância de sermos corresponsáveis na ação evangelizadora da Igreja

Durante todo o mês de novembro, a Igreja no Brasil realiza a campanha “É tempo de cuidar da Evangelização”, um convite para que todos os fiéis possam despertar a solidariedade e a esperança. A mobilização, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), terá como ponto alto a Solenidade de Cristo Rei, no dia 22, com a realização do grande gesto concreto: a Coleta do Bem.

Este ano, em função do avanço da pandemia do novo coronavírus, o Conselho Permanente da CNBB decidiu realizar uma só coleta em 2020, unificando a coleta da Solidariedade, que tradicionalmente é realizada no Domingo de Ramos, como o gesto da Campanha da Fraternidade, e a coleta para a Evangelização, realizada sempre no terceiro domingo do Advento.

Lema

O secretário-executivo de Campanhas da CNBB, Pe. Patrick Samuel Batista, explica que o lema bíblico da campanha é o versículo “Conheceis a generosidade de Cristo” (2Cor 8,9), por fortalecer o sentido de corresponsabilidade dos cristãos católicos na sustentabilidade da obra de Evangelização, das atividades pastorais e das iniciativas que promovem a vida na Igreja no Brasil.

“Se somos cristãos, somos chamados a aprender com essa generosidade. Primeiramente, ofertando nossa vida a Deus e, em segundo, participando da missão evangelizadora da Igreja ativamente, contribuindo, evangelizando e colocando nossa vida a serviço”, diz o religioso.

Formas de doação

Quem desejar doar à Coleta do Bem poderá fazê-lo de duas maneiras. Por meio da oferta nas missas e celebrações realizadas durante os dias 21 e 22 de novembro, quando a Igreja celebra a Solenidade de Cristo Rei. A doação também poderá ser feita de forma simplificada e digital, por meio do site doe.cnbb.org.br.

“É importante que as pessoas saibam que a evangelização precisa de recursos. E parte desses recursos são destinados a ações da própria Diocese. Então, quem contribui, tem essa possibilidade de ajudar a sua própria Diocese, localmente falando, e contribuir também para as ações da Igreja no Brasil, em todas as regiões”, finaliza Pe. Patrick Samuel Batista.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno