Igreja do Santíssimo Redentor

Tríduo de celebrações em memória ao venerável Pe. Pelágio

A Igreja do Santíssimo Redentor em Trindade, celebra neste fim de semana a memória de Pe. Pelágio Sauter

No dia 23 de novembro, os Missionários Redentoristas da Província de Goiás celebram a memória do Venerável Pe. Pelágio Sauter, um missionário alemão que fez muito por esse carisma, em terras goianas, e que hoje passa pelo processo de beatificação, no Vaticano.

Em razão disso, A Igreja do Santíssimo Redentor, também conhecida como Igreja do Pe. Pelágio, nesse fim de semana, faz um tríduo de celebrações em sua memória. A primeira celebração iniciou na última quinta-feira, às 19h30. Segundo o responsável pela Igreja, o Missionário Redentorista Padre João Otávio Martins, a programação se encerra no domingo. “Teremos nesta sexta-feira e sábado, a Novena e Missa, às 19h30 concluindo o tríduo e, no domingo, 22, às 9h teremos a Missa Festiva, em memória a Padre Pelágio Sauter”, explica.

Além disso, o padre destaca que a Igreja está realizando também uma quermesse preparada sob todos os cuidados e normas de proteção à covid-19. “Estamos seguindo os protocolos de saúde e fomos autorizados pela Prefeitura de Trindade. Portanto, respeitamos o distanciamento entre as famílias e limitamos as mesas com quatro pessoas”, reforça.

Para o pároco, esse momento de lembrar do Padre Pelágio Sauter é sempre especial. “Nós sempre lembramos sua morte com grandes celebrações. Costumamos fazer uma novena e ano passado, foi ainda mais especial por ter sido um ano dedicado a ele. Agora, em 2020, em razão da pandemia, tivemos que ser mais restritos e decidimos, então, fazer apenas o tríduo”, explica.

História

De origem alemã, Pe. Pelágio Sauter, missionário redentorista, veio em missão ao Brasil e foi em Trindade que passou boa parte da sua vida e da sua história. Pe. Pelágio sempre viveu em prol do próximo e dedicou seus dias aos trabalhos de evangelização. Em Trindade, ele se tornou muito importante e marcou a história da Capital da Fé de Goiás com seu carisma, santidade e popularidade.

Pe. Pelágio viveu 52 anos no Brasil e faleceu em Goiânia no ano de 1961. A Igreja Santíssimo Redentor guarda os restos mortais do padre tão querido pelos goianos.

Pe. Pelágio Sauter, ainda vivo, era chamado de santo pelas famílias às quais visitava e colaborava rezando e intercedendo pelos problemas de cada um.

Diante de tamanha fama de santidade e popularidade, no ano de 1997 foi feito um pedido à Sagrada Congregação das Causas dos Santos para que se instalasse o processo de sua beatificação e canonização, o que foi concedido. O processo já venceu várias etapas e continua tramitando no Vaticano. No dia 7 de novembro de 2014, Papa Francisco proclamou Venerável o Pe. Pelágio. O título representa uma das etapas mais trabalhosas e exigentes da causa de canonização e abre os caminhos para continuar o estudo sobre sua santidade.

Para que o Pe. Pelágio seja canonizado é necessário passar por quatro etapas. Boa parte deste caminho já foi percorrido, agora falta a união dos devotos em oração e o principal passo de todos com a declaração e confirmação de um milagre pela providência e intercessão do padre.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS






Baixe o aplicativo Pai Eterno

Google Play
App Store