Evangelização

Seminário Redentorista São José: discernimento e formação

Unidade da Congregação do Santíssimo Redentor recebe apoio da Associação Filhos do Pai Eterno

Oficialmente, a inauguração do Seminário São José deu-se em 24 de abril de 1944. O seminário funcionou numa primeira instalação por treze anos (1944-1957). Em 1957, foi transferido para um novo prédio na Vila Aurora, em Goiânia. Em 29 de maio de 2010, foi inaugurada a nova localidade do Seminário São José, no Jardim Goiás, onde funciona até hoje.

As mudanças que aconteceram foram necessárias, tendo em vista as necessidades formativas da Congregação nestas terras, além de atender às demandas de uma cidade que cresceu vertiginosamente. E junto com esse crescimento, houve o aumento do trabalho pastoral dos estudantes e dos congregados.

Durante os 77 anos de existência do seminário, muitos jovens puderam ter uma experiência mais profunda com o Redentor, embora muitos não tenham permanecido na vida religiosa pelos mais diversos motivos. É importante frisar que a Casa de Formação (Seminário) é propriamente um local de discernimento para a vocação à Vida Consagrada.

Desde sua fundação o Seminário São José, já foi sede do Postulantado (fase de formação redentorista na qual os estudantes cursam Filosofia) e do Juniorato (fase em que cursam Teologia). Atualmente, é a casa dos neoprofessos (aqueles que recentemente emitiram seus votos na Congregação), na qual residem os estudantes da Província de Goiás, e das Vice-Províncias de Fortaleza e Recife. Além destes, residem na casa três postulantes que encerram esta fase formativa no corrente ano.

Isso se deu pelo fato das províncias do Brasil estarem passando por um processo de reestruturação e reconfiguração, na qual os postulantes agora residem e cursam filosofia em Fortaleza. Os três que aqui estão, são a última turma formada na então Província de Goiás, que logo se unirão às Vice-Províncias de Recife e Fortaleza, recebendo um novo nome.

Ações formativas e discernimento

No seminário, o jovem é chamado já a radicalizar seu Batismo, mesmo antes dos votos religiosos ou da Ordenação. Estes são chamados a viverem de maneira autêntica e sincera uma oferta completa de si para Deus. As fases formativas são, portanto, direcionadas para experiências educativas, ricas e complexas, havendo assim exigências e esforços para que sejam íntegras e equilibradas. Por isso, já na formação, todos devem privilegiar alguns aspectos da Vida Religiosa Consagrada Redentorista, a saber: experiência de Deus; vida comunitária; estudo; missão ou a pastoral e o trabalho (cf. RF, 2007).

Estes aspectos estão ligados intrinsecamente com as dimensões avaliadas de cada candidato à vida religiosa. Essas dimensões são: humana, espiritual, comunitária, acadêmico-profissional e pastoral. Todas estas visam uma formação ampla para cada formando. Todas as dimensões e aspectos colocados anteriormente equivalem para todas as etapas formativas. Destarte, cada etapa de formação, possui alguns pontos específicos, mais especificamente as do postulantado e do juniorato, que são as etapas presentes hoje no Seminário São José. Na fase do postulantado, o jovem cursa Filosofia, discerne sua vocação e também já deve viver uma dimensão comunitária, que vai viver mais intensamente depois dos votos religiosos. O processo formativo se delineia nos seguintes pontos: vida comunitária, busca de corresponder o chamado, incentivo na formação intelectual e prática pastoral, possuir qualidades humanas morais e compreender, desde já, o carisma redentorista.

Na formação, de maneira mais prática, é ofertado ao postulante, formações nas seguintes temáticas: O mistério do Deus cristão; Jesus Cristo e sua missão; O Espírito Santo e sua missão; Oração cristã dos salmos (Liturgia das Horas); O mistério da Igreja; e A sabedoria cristã. Isso distribuído nos dois anos iniciais. No terceiro ano de postulantado, o formando ingressa no chamado Pré-noviciado, ano em que ele imerge na ideia da consagração religiosa. As formações particulares deste período são: Teologia da vocação; Espiritualidade cristã; e A vida Religiosa Consagrada. Portanto, um postulante “é uma pessoa séria, candidata à Vida Religiosa Consagrada que deseja passar para a etapa do noviciado. Por isso, o postulante está num momento forte de discernimento vocacional. É um momento de decisão” (Ratio Formationis).

No juniorato, os neoprofessos ingressam no curso de Teologia. É a última etapa de formação inicial, antes de professar os votos perpétuos. É uma intensificação das cinco dimensões já colocadas anteriormente. Alguns aspectos dessa etapa de vida são: Missa diariamente, estudo das constituições e carisma redentorista, revisão mensal, participação dos encontros promovidos pela Conferência dos Religiosos do Brasil, retiros espirituais durante o ano, presença nas frentes missionárias no período das férias, participação dos eventos provinciais.

O juniorista que será sacerdote deve ter terminado o curso de teologia para ser admitido às ordens sagradas. Aquele que perpetuará os votos como irmão, deve cursar alguma graduação ou curso técnico que colabore na missão redentorista. No último ano de formação do juniorista, deve residir em uma frente de missão para fazer uma experiência mais intensa da vida missionária. O estudo é o ponto principal na etapa de formação do postulantado e do juniorato.

Deste modo, a Congregação do Santíssimo Redentor procura oferecer a melhor qualidade de ensino. Assim, julgou-se o Instituto de Filosofia e Teologia de Goiás (IFITEG) como a instituição educacional com tal capacidade. Ambos os cursos são ali ofertados e, portanto, é onde os formandos redentoristas estudam. Ambos os cursos não são gratuitos, pois a instituição é privada e necessita de um valor mensal de cada estudante para contratar professores de qualidade.

O custo da mensalidade é de 1.726,00 de cada estudante, exceto o material escolar, apostilas, fotocópias entre outros. Esse valor não é pago pelos junioristas ou postulantes, mas sim pela Província Redentorista de Goiás, que recebe uma ajuda gratificante da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). “Somos muito gratos a cada doador da associação e à sua presidência, pois sem estes, a oferta desses cursos para formação de cada estudante redentorista seria difícil. Para a própria formação dos estudantes, desde a fase de estudos, eles são inseridos em uma comunidade para realizar trabalhos pastorais, como forma de discernimento e aceitação daquilo que, enquanto religiosos, assumirão um dia. Portanto, seminaristas e junioristas agradecem sempre pela contribuição na formação dos futuros Irmãos e Padres da Congregação”, afirma Pe. Auro Marques, diretor do Seminário. 

Os estudantes, junioristas e postulantes do Seminário São José, realizam atualmente suas atividades pastorais em diversos locais. São eles: Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Santuário Basílica Matriz de Campinas; Paróquia Nossa Senhora de Lourdes; Paróquia Nossa Senhora Rainha do Povo; Paróquia Nossa Senhora da Guia em Trindade; Paróquia São Sebastião, em Campestre; Paróquia Divino Pai Eterno; Santuário Basílica do Divino Pai Eterno e Vila São José Bento Cottolengo.

Os lugares de pastoral são os mais diversos, porém, a missão tem como ponto convergente o anúncio do Reino de Deus, seja nas formações dadas nas paróquias atendidas, ou mesmo nos romeiros acolhidos nos Santuários-Basílica e na Vila São Cottolengo. Portanto, nestes locais os estudantes realizam os mais diversos trabalhos. Nas Paróquias, auxiliam com formações, acompanham as pastorais locais, alguns lugares com a pouca demanda de sacerdotes há também quem realize a Celebração da Palavra, participação com o povo, visitas às famílias, auxiliam na liturgia entre outros serviços que surgem por necessidade. Assim, o Seminário São José se faz presente na província para proporcionar uma formação mais radical nos caminhos do Redentor. Desde 1944, têm contribuído para formar religiosos, homens de Deus, que são continuadores da missão de Santo Afonso.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno