Redentoristas

Matriz de Trindade traz as lembranças do início da devoção

A igreja é patrimônio Histórico e Artístico Nacional e atrai em suas celebrações, principalmente os moradores da cidade

 

A Igreja Matriz é um ponto especial de visitação para quem vem a Trindade, especialmente, na época da Romaria. Este ano, com a Festa do Divino Pai Eterno acontecendo de forma Virtual, a Igreja está fechada ao público, mas com celebrações transmitidas pelos meios de comunicação.

A tradicional Igreja Matriz de Trindade, conhecida também como Santuário Velho, foi construída em 1912 e é onde os devotos moradores da cidade gostam de frequentar. Ela lembra, por sua arquitetura, o início da devoção lá em 1912, quando foi construída. “A igreja matriz resume a história do povo da cidade, os temos aqui em Trindade essa grande devoção, esse culto ao Divino Pai Eterno, e foi crescendo ali, ao redor da praça da Matriz. A igreja é um lugar que transmite muitas bênçãos e muita gente, romeiros, gostam de ir até lá porque ela a igreja tem um aconchego”, relata o pároco Pe. João Bosco de Deus.

Hoje, a igreja é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e, recentemente, passou por uma restauração. De acordo com o pároco, o reparo da igreja foi um grande presente para a Capital da Fé de Goiás. “Parte do madeiramento foi trocado, das torres também. Parte do taboado na frente também foi trocado e foi feito todo um trabalho de alvenaria, pintura total interna e externa”, pontua o pároco.

Pe. João Bosco, pároco da Matriz        *Imagem feita antes da pandemia

Segundo ele, cuidar de um patrimônio histórico é um grande desafio. “Temos que manter a igreja de pé, funcionando e a gente sabe que as coisas estão cada dia mais difíceis, escassas, mas graças a Deus temos a parceria com o Iphan e com o Governo Federal e tem ajudado na manutenção da igreja Matriz que está hoje impecável”, diz.

A igreja possui muitas características que merecem cuidado, inclusive em sua manutenção. Segundo padre João Bosco, os funcionários precisam estar treinados para conseguir manter a igreja segundo ás regras de manutenção. “Durante a reforma, fizemos um tratamento para preservar contra cupins, no assoalho ao redor da igreja, e nas madeiras do altar para a preservação da igreja. No piso, não se pode lavar, jogar água, não se pode com fogo, tem que cuidar bem, e precisamos preservar”, explica.

História

Quem teve a iniciativa de construir a Matriz foi o Missionário Redentorista padre Antão Jorge, que contou também com o apoio da comunidade local. A intenção era acolher o grande número de romeiros que vinha constantemente prestar homenagens ao Pai Eterno e já não cabiam na antiga capelinha feita anteriormente na região do Barro Preto, atual Trindade (GO).

No dia 8 de setembro de 2012, o Santuário Matriz completou 100 anos de inauguração, com uma estrutura em estilo colonial. Pelo fato de ter tido sua originalidade mantida, a igreja centenária se tornou peça chave na preservação da história e da fé.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno