Especial

A música na evangelização

Por meio da música, somos capazes de sentir uma forte espiritualidade

É difícil encontrar alguém que não goste de música, sendo assim uma das características mais comuns entre todos os povos do mundo. Então, qual o seu papel na evangelização?

Desde muito tempo a Igreja Católica usa a música como uma ferramenta de evangelização e de catequese. Seja com cantigas devotas, músicas autorais anunciando o Evangelho ou falando do poder divino do Pai Eterno. As canções tocam nosso coração nos fazendo transcender, a música possui um poder de elevação.

Por meio da música, somos capazes de sentir uma forte espiritualidade e não é preciso aprofundar muito no assunto, para que isso fique evidente. Quem nunca se arrepiou escutando algum artista que te comova e agrade ao coração? Sob essa perspectiva, podemos ter nela uma forte aliada para espalhar o Evangelho e assim fazer o anúncio da Boa Nova.

Já ouviu aquele ditado, “Quem canta, reza duas vezes”? Segundo especialistas, quando escutamos música, nos abrimos a sentimentos que em outras ocasiões não cativam com o mesmo impacto. Esses momentos podem ser contemplados em qualquer hora ou lugar. Escutamos música dirigindo, trabalhando, até mesmo estudando e essa versatilidade de ocasiões permitem elevações espirituais em situações corriqueiras da vida.

Essa sensibilidade levada para o contexto evangelizador, pode ser uma maneira de aproximar o Pai Eterno a quem muitas vezes não possui tempo para engajar em sua fé. Seria então a música uma maneira de solucionar a distância sentida por quem se vê em situações que não permitem, por exemplo, uma ida à Igreja. Ou até mesmo o primeiro contato de uma pessoa que clama pelo amor do Pai Eterno em sua vida, mas, ainda não havia tido a oportunidade de elevar o seu espírito a Deus Pai.

Como catequese, as cantigas devotas nos ensinam a orar e nos faz abrir o coração para receber as graças de Deus, enquanto celebramos o seu amor com alegria. Sem contar que cantar nos entretém e nos diverte. É então um ótimo instrumento de pedagogia da fé.

Músicas bonitas, sejam elas católicas ou de experiências pessoais com sua espiritualidade e o amor do Pai, nos aproximam de sua presença divina, e quebram qualquer que seja a barreira. Valorizar essa forma de devoção é saber aproveitar da fé em todos os aspectos que a vida nos permite. Acima de tudo, adorar ao Divino Pai Eterno é alegria, e a música nos cativa nesse caminho.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno