Assistência

Casa Dom Bosco atende crianças carentes em Americana (SP)

A Casa recebe 130 crianças no contra turno escolar com atividades extracurriculares

Do olhar sensível de uma assistente social e de duas estagiárias do Instituto Salesiano Dom Bosco nasceu, no ano de 1992,  a “Casa Dom Bosco”, de Americana, em São Paulo. Naquela época, elas perceberam uma grande quantidade de crianças que ficavam pelas ruas sem ter o que fazer. Então, decidiram montar um lugar para ocupar o tempo dessas crianças de forma educativa.  Hoje, a realidade é outra: crianças e famílias são atendidas e podem ter um futuro bem melhor.

Ao todo, 130 crianças de Americana são atendidas na casa. O local,  é mantido pelo Colégio Salesiano Dom Bosco e possui convênio com a prefeitura. Antes da pandemia, as crianças atendidas frequentavam o local no contra turno escolar com atividades que visam o desenvolvimento dos atendidos. Com a pandemia o desafio de oferecer tarefas para as crianças, já que muitas não tem acesso a celular ou internet, está sendo vencido toda semana.

“Temos um espaço bem bacana, localizado em um espaço periférico. Oferecemos momentos no contra turno escolar. Aos finais de semana acontecem os oratórios e qualquer morador pode participar. São atividades todas gratuitas”, explica o coordenador da Casa de Dom Bosco, Renan Ribeiro.

Além das atividades extracurriculares, a casa trabalha com o fortalecimento de vínculos, com os atendidos são explorados temas que possibilitam a formação de valores, habilidades e cidadania. E mesmos assuntos são apresentados aos pais das crianças, para que elas tenham um aprendizado em âmbito afetivo dentro de casa. “Vimos uma grande modificação em muitas famílias e eles são muitos gratos por essas crianças não ficarem nas ruas”, destaca o coordenador.

Para o Renan, auxiliar a modificar o futuro de todas essas crianças com o trabalho realizado na da Casa de Dom Bosco em americana, é sinônimo de alegria e fé em dias melhores. “É um alívio. Não conseguimos agradar a todos, mas já é o suficiente para ver que fizemos o melhor para elas. É um sentimento de gratidão. Falo por toda a equipe. As dificuldades acontecem a todo o momento, mas vamos vencendo”, finaliza.

 


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno