Apoio Espiritual

Vocação sacerdotal: resposta ao chamado de Deus

Primeira semana de agosto é dedicada às vocações sacerdotais. Saiba mais com o Pe. José Luiz da Silva

Com o tema: “Cristo nos salva e nos envia” e o lema é “Quem escuta a minha palavra possui a vida eterna” (cf. Jo 5,24), a Igreja no Brasil celebra durante o mês de agosto, o Mês Vocacional que é um tempo dedicado à oração, reflexão e ação nas comunidades com foco nas vocações. O tema deste ano vem da Exortação Apostólica Pós-Sinodal, Christus Vivit (Cristo vive), do Papa Francisco.

A primeira semana de agosto é dedicada às vocações sacerdotais. O padre é aquele chamado para anunciar a Palavra de Deus e celebrar a Eucaristia. Para exercer o Ministério é preciso ser chamado por Deus e aceito pela Igreja.

“Quando falamos de vocação sacerdotal, nós expressamos uma resposta a um amor maior. Deus nos amou e nos chamou. Assim, somos convidados a dar a vida por Ele. O sacerdote é esse homem, que dá a vida a Deus, a serviço dos irmãos e irmãs”, explica Pe. José Luiz da Silva, reitor do Seminário São João Maria Vianney, em Goiânia (GO).

Missão de Jesus

Jesus convida os vocacionados à vida sacerdotal como uma forma de edificar a Igreja. O chamado exige algumas renúncias para que a vida desse sacerdote seja entregue totalmente a Deus. Sendo assim, ele vai ser aquele que serve a Deus e aos homens.

Aceitar o chamado de Deus é assumir a missão de Jesus, prestando um serviço gratuito e estando sempre a serviço da comunidade. “O primeiro passo para um rapaz quando ele sente o chamado de Deus, é procurar o seu pároco, o padre da paróquia, e falar sobre suas inquietações. Então, o religioso vai orientá-lo melhor para o seguimento de Jesus Cristo”, diz.

Ele finaliza ressaltando que a vocação sacerdotal é de extrema importância para a igreja, já que o padre é um colaborador do bispo na paróquia, aquele que comunica o amor de Deus para as pessoas. “Então, é dessa vocação sacerdotal que nós temos o Sacramento da Eucaristia. A Igreja, como diz o Papa Francisco, precisa ter o rosto de Cristo, da Misericórdia do Pai. Desse modo, o padre é essa expressão da Misericórdia de Deus no meio do nosso povo”, conclui Pe. José Luiz.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno