Evangelização

Pátria amada, cidadania emancipada

Confira artigo especial de Dom Roberto Francisco Ferreira Paz, Bispo Diocesano de Campos (RJ), publicado pela CNBB

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo Diocesano de Campos (RJ)

É sempre importante elevar a consciência e o valor do verdadeiro patriotismo, que honra e faz memória do legado de princípios éticos, espirituais e cívicos, que nos tornam um povo irmanado no desejo de partilhar uma Terra abençoada, um destino comum, e as melhores tradições de justiça, democracia, liberdade e paz.

Por isso, os cristãos fazem questão de celebrar a Pátria junto à esperança e o sonho de superar as exclusões e desigualdades injustas, com o grito dos excluídos na sua edição 27ª, em 2021. Num clima de polarização e de riscos de retrocesso institucional afirmamos, com a bandeira branca do diálogo, da paz e da busca de reconciliação entre todos os brasileiros/as, o lema do grito deste ano: “na luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho e renda já”.

Queremos passar de uma cidadania tutelada ou assistida a uma cidadania emancipada, pois comemorar a independência implica, longe de renunciar à democracia e a uma governança cada vez mais republicana, em construirmos entre todos/as uma democracia de alta intensidade e participação. Um país que precise de armas, força ou salvadores, está fadado a criar o país orwelliano de 1984, onde o “Grande Irmão” decide por todos e controla a todos.

Acreditamos que ser patriota é amar incondicionalmente a todos, colocar-se como instrumento de diálogo a serviço do bem comum e do altruísmo, vibrando com o grandioso Pacto pela Vida e pelo Brasil, que supera ideologias e fronteiras partidárias e setoriais. Queremos vencer a pandemia, que levou 580.000 irmãos nossos, mas o faremos superando, também, as pandemias da mercantilização da vida, da devastação da Criação (rios, matas e florestas), do desmonte do Estado, da violência e da precarização e desemprego estrutural.

Que Nossa Senhora Aparecida, Mãe de todos/as os brasileiros/as, renove nossa esperança, e nosso empenho, em trabalhar pela paz, justiça e equidade. Deus seja louvado!

Fonte: CNBB

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno