Redentoristas

Centro Social Redentorista: cuidado e atenção em seus atendimentos

Centro atua hoje com capacidade reduzida devido a pandemia

Logo que se iniciou a pandemia, em março de 2020, o Centro Social Redentorista precisou interromper suas atividades. A suspensão das aulas e ações durou mais de um ano devido a situação sanitária que não permite aglomerações. Em abril de 2021, com autorização dada pelo atual decreto municipal, as atividades de assistência social puderam ser retomadas seguindo as medidas de prevenção.

Para garantir o zelo com a saúde de colaboradores e assistidos, um novo formato de atividades foi proposto. A modalidade passou a acolher apenas 30% da capacidade máxima de atendimento. Com isso, iniciaram o Reforço Escolar para as crianças, com o objetivo de auxiliar os pais no ensino e também promover mais aprendizado.

De lá pra cá, aos poucos as atividades que aconteciam antes da pandemia estão sendo retomadas e o Centro Social está conseguindo atender as crianças no contra turno escolar, como era de costume. De acordo com o coordenador pedagógico nas Obras Sociais, Naclayton Sousa, o Centro ainda está com sua capacidade reduzida, porém, ofertando, na medida do possível, toda a assistência às crianças. “Ainda estamos trabalhando com uma quantidade menor de assistidos, mas voltando com nosso trabalho e atividades que oferecemos e assim alcançar mais pessoas”, diz.

Segundo o coordenador, o número de atendidos ainda está reduzido, por medida de segurança. “Ainda não é o que gostaríamos, mas já cresceu o número de atendidos. Estamos com pequenos grupos de 12, 15 crianças para conseguir cumprir com os protocolos de segurança e, assim, continuar desenvolvendo nossas atividades e ajudar no atendimento familiar”, enfatiza.

Naclayton explica que o atendimento a essas crianças se estende a suas famílias. “Nosso trabalho concentra no atendimento as crianças aqui no centro, mas a gente também estende esse atendimento às famílias e hoje nossa realidade é essa de famílias que nos procuram e nós estamos ajudar de alguma forma”, conclui.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno