Atendimento

Quais as diferenças entre Paróquia, Basílica e Santuário?

Pe. Sidney Martins explica as características dos templos cristãos

Os templos católicos são nomeados por suas características bem particulares. É por meio delas que os nomes são definidos.  O prefeito de Liturgia no Santuário Basílica de Trindade (GO), Missionário Redentorista Pe. Sidney Martins, nos explica as diferenças que nomeiam esses templos cristãos e dão os títulos de Paróquia, Santuário e Basílica. 

Segundo o padre, as paróquias são lugares que acolhem a comunidade. “Vem do termo ‘paroquia’ que significa algo próximo que vem do termo ‘peregrino’. Somos peregrinos. É o lugar onde podemos viver essa peregrinação rumo aos céus com nossos vizinhos, nossos amigos. É onde as pessoas podem fazer essa experiência com Deus. É a comunidade de comunidades, lugar de encontro dos irmãos”, explica. 

De acordo com o Missionário Redentorista, as pessoas buscam ser acolhidas para viver a experiência de fé e viver a realidade dos céus. “Na paróquia, temos a Matriz que é um sinal de comunidade que organiza as comunidades para viver esse caminho na vida cristã. A paróquia precisa estar nessa busca não pode ser uma igreja fechada. Deve ser como nos convida o Papa , ser uma igreja de portas abertas”, diz.

Já o Santuário é um lugar de peregrinação , explica o padre. “Nasce na experiência de fé do povo de algo que aconteceu, de um sinal especial de Deus em um determinado local, onde os fieis começam ali buscar um sinal da experiência de fé”, explica ele. 

É a partir desta peregrinação, na busca dos sinais da experiencia de fé que o lugar passa a se chamar Santuário. “A partir disso o bispo declara aquele lugar como Santuário. Ele tem como missão o anúncio explicito de ser um lugar de reavivar a fé e a caminhada dos peregrinos”, ressalta.

O nome Basílica já é um termo dado pelo Papa, segundo Pe. Sidney. São Igrejas de grande porte,  de grande influência sobre a região geográfica ou país, e seu caráter espiritual que exerce sobre religiosos e leigos de uma jurisdição eclesiástica.

“A Basílica é um titulo ligado ao Papa porque se torna uma referência litúrgica, de estar em comunhão com a orientação que o Vaticano faz. É um titulo que está ligado às basílicas Maiores”, finaliza. 


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno