Especial

Como aprender com a dor?

“Deus sempre fecha determinadas portas para abrir outras”, reflete Pe. Luis Erlin em seu livro

Sabe aquele momento em que tudo parece ter dado errado e o sofrimento enche o coração? Pois bem, sempre existe uma possibilidade real e concreta de aprendermos com a dor. Em tempos difíceis, o Pai Eterno também fala conosco, mas é preciso saber ouvir. É essa a mensagem que o Pe. Luis Erlin, Missionário Filho do Imaculado Coração de Maria (Claretiano), passa em seu livro “Um brinde ao fracasso”, da editoria Ave-Maria.

“O título da obra pode causar estranhamento. Mas, é justamente esse o propósito: mostrar para as pessoas que, determinadas situações que consideramos como derrotas, na verdade, tem a mão de Deus agindo. Ele sempre fecha determinadas portas para abrir outras. Ele é o Senhor da história e nunca nos desampara”, explica o religioso.

O padre acrescenta que, quando Deus nos criou, Ele plantou um projeto de amor para cada um de nós. Porém, muitas vezes, acabamos nos desviando desse propósito. Então, aquilo que consideramos fracasso, pode ser um livramento do Pai. “Talvez, algo que almejamos muito não nos traria felicidade e realização, caso se concretizasse. Assim, Deus coloca Seu projeto diante de nossos olhos”, reflete.

Vitória aos olhos de Deus

Ele ainda ressalta que, fomos educados para a vitória. Desde pequenos, os pais querem que seus filhos sejam vitoriosos. Passamos a viver essa busca pela vitória como uma prisão. Em um mundo tão competitivo, falar em derrota causa frustração e angústia.

“Por isso, devemos reconhecer que determinadas situações que deram errado, nos encaminharam para vivências diferentes. Precisamos transformar tais momentos de fragilidade em algo bom para nossa existência. Isso é vitória aos olhos de Deus. O próprio Senhor atravessou a Cruz e Ele não ficou na Cruz. Porém, essa vivência O ensinou que é preciso passar por situações adversas, para conseguirmos a vitória”, diz Pe. Luis Erlin.

Especialmente neste período de pandemia, o religioso nos convida a refletir sobre o tema do livro, para que possamos sair melhores que antes. “Temos visto muitas pessoas lamentando sobre a vida, falando sobre fracassos. Então, o livro nos mostra que é possível passarmos por esse deserto, mas aprendermos com ele. A derrota pode ser vitória, desde que abracemos os olhos da fé e percebamos as mãos de Deus guiando a nossa história”, conclui.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.
1 Cometários
  • Teresinha Dolores ternus
    24/11/2021 - 12:38:55

    Muito bom.wue alguém se porte com a for humana.

  • TV Pai Eterno

    Faça parte desta família

    Baixe o aplicativo Pai Eterno


    Google Play
    App Store
    © Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno