Santuário

Quando desmontar os enfeites de Natal?

Conforme a tradição cristã, a data indicada é 6 de janeiro, Dia de Reis

Com o fim do Natal e das festividades, é comum surgir uma dúvida entre os cristãos: quando desmontar os enfeites de Natal? A data indicada é 6 de janeiro, Dia de Reis. Os três Reis Magos teriam visitado o Menino Jesus e se encerrava, então, o tempo de Natal.

Se por algum motivo a pessoa não puder desmontar os enfeites natalinos no dia 6 de janeiro, conforme a tradição cristã, não precisa se preocupar. Há aqueles que são mais apressados ou atrasados em retirar os enfeites, mas isso não tira a beleza e o significado da manifestação de Deus.

De acordo com a tradição, os Reis Magos, Gaspar, Baltazar e Melquior, representam as três raças humanas: a amarela, a negra e a branca. Dizem também que eram descendentes dos três filhos de Noé. A história ainda conta que presentearam o Menino Deus com incenso, simbolizando a fé; a mirra, imortalidade; e ouro, representando a realeza.

Além disso, imagina-se que de 25 de dezembro a 6 de janeiro foi tempo suficiente para que os Reis Magos pudessem ter feito a viagem seguindo a Estrela Guia até encontrar o Menino Jesus.

Oração aos Três Reis Magos

“Obrigado, Santos Reis, pois tanto nos ensinastes, através do gesto de reconhecimento de que o menino da manjedoura é o Rei do universo, é o Divino e é o Redentor. Ofereceste-lhe ouro: o menino é Rei. Ofereceste-lhe incenso: o menino é Divino. Ofereceste-lhe mirra: o menino é Redentor. Queridos Santos Reis! Intercedei por nós para que possamos ser verdadeiros adoradores do menino da manjedoura de Belém e podermos ofertar-lhe o bem mais precioso que recebemos do Pai Eterno: a vida. Amém!”


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Faça parte desta família

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno