TV Pai Eterno

Devota testemunha a cura do câncer na TV Pai Eterno

Ela conta que a fé em Deus foi fundamental para ganhar forças e, finalmente, vencer a doença

Para muitos, receber o diagnóstico de câncer é como se o mundo estivesse desabando. A notícia pode trazer medo, incerteza e desespero. Foi isso que sentiu a devota Valda de Fátima Moreira de Oliveira, de Goiânia (GO). Em 2008, ela foi diagnosticada com câncer de mama e achou que tudo estava perdido. Porém, no Programa Pai Eterno, ela contou que a fé em Deus foi fundamental para ganhar forças e, finalmente, vencer a doença.

Casada e mãe de três filhos, Valda não queria deixá-los quando soube do diagnóstico. “No início, foi um momento de grande angústia. Porém, à medida que o tratamento avançava, eu intensifiquei a minha fé. Eu pedia ao Divino Pai Eterno que não me desamparasse e estivesse comigo naquela fase tão difícil”.

E assim aconteceu! Ela foi curada do câncer e, hoje, testemunha a sua grande bênção, servindo de exemplo para aqueles que passam pela mesma situação. “A confiança e a perseverança foram os pilares de sustentação da minha fé. Nesses 13 anos, eu adquiri o hábito de rezar o Terço todos os dias. Eu me sinto mais fortalecida”.

A sua fé foi potencializada depois da experiência. Como prova disso, Valda passou a ir a pé para Trindade uma vez por ano, durante a Romaria, como forma de agradecimento. Porém, ela queria mais. Passou a ir todos os dias da Festa. “Durante seis anos, eu fui diariamente a pé nos dias de Romaria, andando cerca de 20 quilômetros por dia. Só parei com a chegada da pandemia. Espero, em breve, retomar essa tradição e demonstrar toda minha gratidão ao Pai Eterno”.

Confira, abaixo, o vídeo completo:

 


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno