Após quase 20 anos, Matriz de Campinas realiza confecção de tapetes para Solenidade de Corpus Christi

Para a celebração de Corpus Christi, a Matriz também realizou a Santa Missa e Procissão com o Santíssimo Sacramento

O Santuário Basílica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Matriz de Campinas), em Goiânia (GO), realizou a confecção dos tradicionais tapetes de Corpus Christi, após quase 20 anos sem fazê-los. Com desenhos que remetem à data, como hóstia consagrada, cruz e pomba do Espírito Santo, as artes foram feitas com a ajuda de devotos, religiosos e colaboradores durante a madrugada do dia 16 de junho.

Para a celebração de Corpus Christi, a Matriz também realizou a Santa Missa e Procissão com o Santíssimo Sacramento, que saiu pelas ruas em que foram confeccionados os tapetes de serragem. Centenas de devotos participaram da solenidade, que foi presidida pelo padre Aragonês de Jesus, CSSR.

“Foi um motivo de bastante alegria para nós. A confecção dos tapetes é muito mais do que fazer e desenhar, é uma expressão de devoção a Deus; além de ser uma expressão da nossa vida em comunidade. A Comunidade se envolveu e tudo isso causa bastante alegria. Esta solenidade é um dia dedicado para refletir sobre o Mistério da Eucaristia, a consequência desse Mistério e expressa nossa devoção ao Santíssimo Sacramento”, expressou o padre.

Frater Eurípedes, Missionário Redentorista, que participa dos trabalhos na Matriz, explicou que a Solenidade de Corpus Christi é a manifestação da fé da Eucaristia, na presença de Jesus, e da comunhão com Ele. “Celebramos hoje este memorial de amor. Unidos com toda a Igreja, proclamamos nossa fé e nossa adoração a Jesus, no Sacramento da Eucaristia, que nos chama a viver em comunhão”, ressaltou o religioso.

Kátia José de Souza, professora e devota na Matriz de Campinas, expressou que participar da confecção dos tapetes simboliza um ato de gratidão a Deus. “Tudo que foi feito hoje, durante todo o dia, foi o sinal de que eu estou agradecida. Muitos falaram que não sabiam pintar nem desenhar, mas Deus deu um dom a cada um e o trabalho foi feito em comunidade. A celebração foi o fechamento de tudo que vivi hoje”, salientou.

A engenheira de produção Giovana Borges, também devota na Matriz de Campinas, participou da solenidade e ressaltou o quanto é importante a vida em comunidade. “A experiência deste ano foi uma das maiores e melhores que eu já pude viver. Reviver este momento, devido a tudo que estamos passando, foi de muita alegria, pois expressa nosso amor e gratidão a Jesus Sacramento e tudo que ele faz por nós”, disse.

Corpus Christi - Matriz de Campinas

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno