Santo do Dia

Conheça mais sobre a devoção a Nossa Senhora do Carmo

Neste dia 16 de julho, a Igreja celebra este título da Virgem Maria

Nossa Senhora do Carmo. Foto: Rodolfo Cândido | TV Pai Eterno

No dia 16 de julho de 1251, São Simão Stock estava rezando o Terço, pedindo a intercessão de Nossa Senhora para que desse um sinal de proteção e que salvasse a sua família religiosa das perseguições que sofriam. Ele era superior da Ordem dos Carmelitas.

Então, a Virgem Maria apareceu para ele, entregou o escapulário e disse: “Recebe, meu filho, este escapulário da tua Ordem, que será o penhor do privilégio que eu alcancei para ti e para todos os filhos do Carmo. Todo o que morrer com este escapulário será preservado do fogo eterno”. A partir disso a Ordem do Carmelo floresceu por todo o mundo. E hoje, dia 16 de julho, é celebrado o dia de Nossa Senhora do Carmo! A irmã carmelita descalça, Maria da Santíssima Trindade, explica um pouco sobre esta devoção.

“Nós chamamos de Nossa Senhora, Mãe e Rainha e formosura do Carmelo. Chamamos carinhosamente de Nossa Mãe Santíssima do Carmo. A devoção a Nossa Senhora do Carmo retoma às origens, quando os primeiros eremitas do Monte Carmelo construíram o primeiro oratório e dedicaram a Nossa Senhora. E essa dedicação fez de Nossa Senhora a sua patrona, a sua protetora”, conta.

Ela exerce sua vocação religiosa no mosteiro Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição. Lá, ao lado de 16 irmãs, vive na clausura e se dedica à vida contemplativa e a orar pela vida dos filhos e filhas do Pai Eterno.

Ir. Maria da Santíssima Trindade. Foto: Rodolfo Cândido

“Nós aqui no Carmelo temos a devoção a Nossa Senhora, que se traduz em nossa vida. Porque Nossa Senhora é o modelo da carmelita, é o modelo de silêncio, oração, de escuta da Palavra. Para expressar melhor essa devoção, nós trazemos o hábito da Virgem Maria e o santo escapulário como forma de pertença a nossa senhora e de proteção da Virgem para nosso Carmelo”, explica a Ir. Maria da Santíssima Trindade.

Vários Papas promoveram o uso do escapulário e Pio XII chegou a escrever: “Devemos colocar, em primeiro lugar, a devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo – e ainda – escapulário não é ‘carta-branca’ para pecar; é uma ‘lembrança’ para viver de maneira cristã, e assim, alcançar a graça duma boa morte”.

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno