Catequese

Poderosas orações de Santo Afonso Maria de Ligório

Santo Afonso faleceu aos 91 anos, depois de deixar vários escritos sobre a Doutrina Moral, devoção ao Santíssimo Sacramento e “As Glórias de Maria”

Em 1º de agosto,  a Igreja comemora o dia de Santo Afonso Maria de Ligório, bispo e doutor da Igreja e patrono dos confessores e teólogos de doutrina moral. Nascido em Nápoles (Itália), em 1696, viveu em uma família nobre. Aos 16 anos, doutorou-se em Direito Civil e Eclesiástico. Mas em certo momento, escolheu a renúncia profissional, a herança e títulos de nobreza para seguir uma vida vocacional.

Desenvolveu várias missões entre os mendigos e camponeses; até fundar a Congregação do Santíssimo Redentor. Com 60 anos, foi eleito bispo. Faleceu aos 91 anos, depois de deixar vários escritos sobre a Doutrina Moral, devoção ao Santíssimo Sacramento e “As Glórias de Maria”.

Foi canonizado em 1839 e proclamado Doutor da Igreja, por Pio IX, em 1871. Em 1950, Pio XII o proclamou “Padroeiro celestial de todos os confessores e moralistas”.

Em celebração a Santo Afonso Maria de Ligório, confira duas orações poderosas deste grande homem:

Oração de Santo Afonso à Virgem Maria Santíssima

Virgem Imaculada, minha Mãe Maria, a vós que sois a Mãe de meu Senhor, a Rainha do Universo, a Advogada, a esperança, o refúgio dos pecadores.

Eu, que sou o mais miserável de todos os pecadores, recorro a vós.

Eu a venero, Grande Rainha, e agradeço-lhe as muitas graças que me concedeu até hoje.

Eu te amo, minha querida Senhora; e por causa desse amor, prometo servi-la de boa vontade

para sempre e fazer o que puder para torná-la amada por outras pessoas também.

Coloco em vós todas as minhas esperanças de salvação; aceita-me como teu servo e abriga-me sob o teu manto, tu que és a Mãe da Misericórdia.

Livra-me de todas as tentações, ou pelo menos obtenha para mim a força para vencê-las até a morte.

De vós, imploro um verdadeiro amor por Jesus Cristo.

Através de vós, espero ter uma morte sagrada.

Minha querida Mãe, pelo teu amor a Deus Todo-Poderoso, rogo-te que me ajudes sempre,

mas sobretudo no último momento da minha vida.

Não me abandones então, até que me vejas a salvo no céu, para me abençoar e que eu possa cantar as tuas misericórdias por toda a eternidade.

Essa é a minha esperança. Amém!


Oração para amar e entregar-se a Jesus, de Santo Afonso de Ligório

 

Meu Deus e meu tudo, apesar de minhas ingratidões e negligências em Vos servir, continuais a me atrair ao Vosso amor. Aqui estou, e não quero resistir mais. Quero renunciar a tudo para pertencer só a Vós. Além de tudo, Vós me tendes obrigado a Vos amar. Eu me encantei convosco e quero a Vossa amizade.

Como posso amar outra coisa, depois de ter Vos visto morrer de dor numa cruz para me salvar? Como poderei contemplar-Vos morto, consumido nos sofrimentos, sem Vos querer bem com todo o meu coração? Sim, Redentor meu, amo-Vos com toda a minha alma e não tenho outro desejo senão Vos amar nesta vida e por toda a eternidade.

Jesus, minha esperança, minha força e meu consolo, dai-me força para que eu Vos seja fiel. Dai-me luz, fazei-me conhecer as coisas de que me devo desapegar; ajudai-me para que em tudo eu Vos queira obedecer.

Jesus, eu me ofereço e me abandono inteiramente em Vós, satisfazendo o desejo que tendes de unir-Vos comigo, a fim de unir-me Convosco, meu Deus e meu tudo! Vinde Jesus, possuí todo o meu ser, atraí para Vós todos os meus pensamentos e todos os meus afetos.

Renuncio a todos os meus caprichos, a todas as consolações, a todas as criaturas. Só Vós me bastais. Dai-me a graça de não pensar senão em Vós, não desejar senão a Vós, meu Deus e único bem.

Maria, Mãe de Deus, alcançai-me a graça da perseverança.

 

Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

MATÉRIAS RELACIONADAS



Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno