Notícias

Medalha Milagrosa de Nossa Senhora

Foi vista em 27 de novembro de 1830

A Medalha Milagrosa foi vista pela primeira vez em uma aparição de Nossa Senhora. De lá para cá, tornou-se um artigo religioso presente na vida de muitos devotos. Em 27 de novembro de 1830, em Paris, capital da França, Catarina, que na época era uma das Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, viu Nossa Senhora pela segunda vez. De acordo com seu relato, a Virgem Maria estava sobre um globo, pisando em uma serpente e segurando nas mãos um globo menor, oferecendo-o a Deus, num gesto de súplica.

Enquanto contemplava mais uma aparição de Nossa Senhora, Santa Catarina Labouré ouviu uma voz que lhe explicava tudo aquilo. Dizia que o globo representava o mundo inteiro e especialmente a França. Os raios mais fortes que saíam de suas mãos simbolizavam a graça que era derramada sobre os que pediam a Deus com fé. Os raios mais espessos eram as graças que as pessoas se recordavam de pedir, e os mais fracos eram aqueles que as pessoas não se lembravam mais de ter pedido.

Nossa Senhora fez então um pedido, para que fossem feitas medalhas com aquela imagem que Catarina estava vendo, e prometeu que as pessoas que usassem com fé, receberiam grandes graças. E assim Santa Catarina seguiu o pedido e logo a medalha se espalhou mundo afora. Em 1842, por exemplo, um judeu foi visitar um amigo em Roma. Lá ganhou de presente uma medalha, e viu o amigo pedir a Nossa Senhora por sua conversão.

Dias depois aquele judeu foi convidado para ir até uma igreja, e lá sentiu uma força diferente, que lhe fez andar pelo local, até que viu uma capela cheia de luz. Lá ele viu a Santíssima Virgem, da mesma forma como ela está estampada nas medalhas. Ele se ajoelhou e se sentiu tocado pelas mãos de Maria. Ali chorou bastante, buscou um confessionário e contou tudo que aconteceu. Foi batizado, entrou para a ordem dos jesuítas e passou o resto de sua vida rezando pela conversão de outros judeus. Usar a medalha milagrosa com confiança se tornou uma tradição para os fiéis católicos. Muitos têm o costume de beijá-la diariamente e dizer: Ó, Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno