Notícias

Dia de Doar

Vila São Cottolengo realiza ação durante todo o mês de novembro

São mais de 300 internos que necessitam de cuidados em tempo integral na Vila São José Bento Cottolengo, em Trindade (GO). A despesa não é pequena, para manter o lindo trabalho desenvolvido na instituição e preciso e muito de doações.

A maioria dos internos não possui família e depende do amor dos funcionários e visitantes. De acordo com o diretor-presidente da instituição, o missionário redentorista irmão Michael Goulart, “temos um cuidado integral com esses pacientes. A Vila é a casa deles, e eles precisam de alimentação, vestuário, cuidados médicos e medicamentos”, explica irmão Michael.

A Vila é um grande complexo de saúde para cuidar dos internos, e só é possível por meio do convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS) e das doações. Se não fossem pelas ajudas, a Vila Cottolengo não existiria. Mas a instituição é a expressão do que Jesus ensinou, e graças aos devotos do Pai Eterno é possível continuar realizando esse cuidado de amor com o próximo.

O local é aberto à visitação e durante todo o mês de novembro está com uma caixa na entrada para receber donativos: roupas, calçados, utensílios domésticos, o que você sentir no coração para doar. Também é possível ajudar pelo Centro de Doações, que fica dentro da Vila e funciona diariamente.

Todas as contribuições que chegam à Vila são destinadas para a Central de Doações, que faz a distribuição para os devidos departamentos. Segundo a responsável pelo setor, Letícia Vaz, “fazemos o acolhimento do doador e mostramos como funciona a Vila e os trabalhos realizados”.

Mesmo a Vila recebendo muitas doações, ainda é preciso mais, pois na lavanderia, por exemplo, são lavadas toneladas de roupas e lençóis diariamente, diminuindo sua durabilidade. “As doações são fundamentais para nós, aqui lavamos por dia 2.400 mil quilos de roupas por dia”, explica o supervisor da lavanderia Luciano Ferreira.

Quando as doações chegam é uma alegria sem fim para os internos. Dona Ruth é assistida, e vive no local há 30 anos. Ela gosta das “roupas que recebo, e tenho o meu armário onde guardo tudo que ganho”.

Visite a Vila São Cottolengo em Trindade, conheça o trabalho dos Missionários Redentoristas realizado no maior hospital filantrópico do Centro-Oeste e ajude nesta missão de ajuda ao próximo.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno