Notícias

Bispos ressaltam aspectos de comunhão e escuta em meio ao individualismo

Fala foi realizada durante a coletiva de imprensa da 61ª Assembleia Geral da CNBB

Reprodução: CNBB

Os bispos do Brasil continuam reunidos em Assembleia em Aparecida (SP). Os três temas principais em discussão são o sínodo dos bispos, o Jubileu 2025 e a juventude na Igreja. Na sexta-feira (12), ocorreu a Coletiva de Imprensa, momento em que a Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) apresentou informações sobre a atualização de diretrizes da ação evangelizadora.

Para o alinhamento das diretrizes, os bispos reunidos receberam um documento labores que apresentará caminhos para as discussões. Segundo dom Leomar Brustolin, “o documento aparece com fundamentos de escuta, análise e discernimento. Tudo em busca de uma pastoral missionária”.

O segundo tema da conversa com os jornalistas foi a análise de conjuntura social. Este estudo apresentado aos bispos representa uma radiografia da realidade do mundo da América Latina e também do Brasil. Outro ponto levantado é a relação entre Igreja e política, além também do cuidado com a Casa Comum.

No sábado (13), aconteceu a terceira coletiva de imprensa, em que foi debatido o processo sinodal e a missão do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM). Dom João Justino de Medeiros Silva, arcebispo de Goiânia e primeiro vice-presidente da CNBB, enfatizou que “a esperança da humanidade é Jesus Cristo morto e ressuscitado” e, que, num mundo marcado pela violência e pela guerra, é importante que os católicos, com o testemunho profético e coerente, “proclamem a esperança de quem acolhe o Evangelho”.

Dom João Justino explicou que a Igreja no Brasil aguarda as indicações do Papa Francisco para a celebração jubilar, mas que já começou a articulação para dinamizar pastoralmente a iniciativa por meio de um encontro que ocorreu em Brasília (DF), para representantes das dioceses, nos dias 29 e 30 de janeiro, com a assessoria do prefeito do Dicastério para a Evangelização e também coordenador do Jubileu de 2025, dom Rino Fisichella.


Deixe o seu Comentário


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site, e podem passar por moderação.

TV Pai Eterno

Baixe o aplicativo Pai Eterno


Google Play
App Store
© Copyright, Afipe - Associação Filhos do Pai Eterno